ASSINE

Hugo Calderano perde de virada para alemão no tênis de mesa e dá adeus aos Jogos

Hugo perdeu, de virada, por 4 sets 2 (11/7, 11/5, 8/11, 7/11, 8/11 e 2/11), no Ginásio Metropolitano, e se despediu da competição de simples das Olimpíadas

Publicado em 28/07/2021 às 10h33
Tênis de mesa
Hugo Calderano começou bem, mas levou a virada e foi eliminado nas quartas de final. Crédito: Wander Roberto/COB

Primeiro mesatenista brasileiro a chegar nas quartas de final dos Jogos Olímpicos, o carioca Hugo Calderano não resistiu ao alemão Dimitrij Ovtcharov e foi eliminado na manhã desta quarta-feira (28) de Tóquio-2020. Hugo perdeu, de virada, por 4 sets 2 (11/7, 11/5, 8/11, 7/11, 8/11 e 2/11), no Ginásio Metropolitano, e dá adeus às Olimpíadas.

A partida começou bem equilibrada. O alemão venceu os dois primeiros pontos e, em momento tenso do jogo, Calderano tirou uma chiquita da cartola para passar à frente, 5 a 4.

Na segunda parcial, o brasileiro emplacou dois pontos no saque e liderou a contagem desde o início. Com jogo bem agressivo, Calderano chegou a fazer 8 a 4 na terceira parcial, mas tomou uma virada: 11 a 8 para Ovtcharov. Calderano sentiu o golpe. Tanto que, na terceira parcial, ficou três vezes na rede e viu o alemão empatar a partida.

A classificação às quartas já havia sido enaltecida como um feito inédito da modalidade no Brasil. O tenista superou a sua própria campanha nas Olimpíadas do Rio-2016 e a de Hugo Hoyama em Atlanta-1996 -ambos caíram nas oitavas. O tênis de mesa entrou para programação das Olimpíadas desde os Jogos de Seul-1988.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.