ASSINE

Em meio a temporada vitoriosa, Gabriel Medina chega em alta ao Japão

Campeão mundial em 2014 e 2018, o paulista lidera com sobras o Circuito Mundial de Surfe, à frente dos compatriotas Italo Ferreira e Felipe Toledo

Publicado em 21/07/2021 às 17h25
O surfista Gabriel Medina
O surfista Gabriel Medina. Crédito: Júlio César Guimarães/COB

Novidades nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o surfe e o skate geram grande expectativa de medalhas para o Brasil, inclusive as de ouro.

Se nas pistas as maiores esperanças estão depositadas nas mulheres, com o trio Pâmela Rosa, Rayssa Leal e Letícia Bufoni, os representantes masculinos do Brasil na praia são ninguém menos do que Gabriel Medina, 27 anos, e Italo Ferreira, 27, que somam 3 dos 4 títulos mundiais do país na modalidade -Adriano de Souza, o Mineirinho, completa a lista.

Apesar de os quatro surfistas sob a bandeira verde e amarela carregarem boas chances de pódio -Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima também fazem parte da equipe-, Gabriel Medina vem de uma temporada irreparável.

Campeão mundial em 2014 e 2018 -por pouco não levou o tri em 2019-, o paulista de São Sebastião lidera com sobras o Circuito Mundial de Surfe, à frente dos compatriotas Italo Ferreira e Felipe Toledo.

Em um ano praticamente dominado por brasileiros, Medina chegou a cinco finais das seis etapas disputadas até aqui, vencendo duas delas, ambas na perna australiana da competição.

Mesmo sem a companhia do padrasto e ex-treinador, Charles, Medina não perdeu o rumo com a parceria com Andy King. Pelo contrário. Neste ano ele tem o seu melhor início de temporada, inclusive acima do desempenho quando foi o campeão.

Após uma briga pública com o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) por ter sido impedido de levar a mulher, Yasmin Brunet, ao Japão, resta saber se ele conseguirá transformar sua ira em medalha.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Japão Olimpíadas Olimpíada de Tóquio Esportes gabriel medina japão Surfe Tóquio

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.