ASSINE
Manifestantes pró-Trump entram em confronto com a polícia do Capitólio em um comício para contestar a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA em 2020 pelo Congresso dos EUA

Fotojornalismo: Cenas mostram a invasão do congresso americano. REUTERS/Shannon Stapleton/AP

Vista externa do Capitólio dos Estados Unidos, prédio que serve como centro legislativo do governo dos Estados Unidos

Vista externa do Capitólio dos Estados Unidos, prédio que serve como centro legislativo do governo dos Estados Unidos. Charles Sholl/Brazil Photo Press/Folhapress

Manifestantes passam pela Avenida Pensilvânia, que liga o Capitólio à Casa Branca, durante manifestação contra o racismo e a brutalidade policial após a morte de George Floyd

Manifestantes passam pela Avenida Pensilvânia, que liga o Capitólio à Casa Branca, durante manifestação contra o racismo e a brutalidade policial após a morte de George Floyd. ANDREW HARNIK / AP

Gás lacrimogêneo é liberado em uma multidão de manifestantes durante confrontos com a polícia do Capitólio em um comício para contestar a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA de 2020 pelo Congresso dos EUA, no edifício do Capitólio dos EUA em Washington , EUA, 6 de janeiro de 2021

Gás lacrimogêneo é liberado em uma multidão de manifestantes durante confrontos com a polícia do Capitólio. REUTERS/Jim Urquhart/AP


Apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, ocupam o edifício do Capitólio dos EUA em Washington

Apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, ocupam o edifício do Capitólio dos EUA em Washington. Thomas P. Costello/AP

Apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, escalam paredes no Capitólio dos EUA durante um protesto contra a certificação dos resultados da eleição presidencial dos EUA de 2020 pelo Congresso dos EUA, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021.

Apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, escalam paredes no Capitólio dos EUA durante um protesto contra a certificação dos resultados da eleição presidencial dos EUA de 2020 . REUTERS/Stephanie Keith/AP

Um apoiador do presidente dos EUA, Donald Trump, é detido por policiais no Capitólio dos EUA durante um protesto contra a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA de 2020 pelo Congresso dos EUA, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021

Um apoiador do presidente dos EUA, Donald Trump, é detido por policiais. REUTERS/Jim Urquhart/AP

Um apoiador ferido do presidente dos EUA Donald Trump reage durante um protesto contra a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA de 2020 pelo Congresso dos EUA, fora do Capitólio dos EUA em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021

Um apoiador do presidente do Donald Trump ferido. REUTERS/Jim Bourg/AP

Um policial detém um manifestante pró-Trump dirante a invasão ao Capitólio dos EUA

Um policial detém um manifestante pró-Trump dirante a invasão ao Capitólio dos EUA. REUTERS/Shannon Stapleton/AP

Manifestantes pró-Trump enfrentam a polícia no Capitólio

Manifestantes pró-Trump enfrentam a polícia no Capitólio . REUTERS/Shannon Stapleton/AP

Um policial é arrastado em uma multidão de manifestantes pró-Trump durante um confronto

Um policial é arrastado em uma multidão de manifestantes pró-Trump durante um confronto. REUTERS/Shannon Stapleton/AP

Black-clad security forces patrol the halls of the Senate in the U.S. Capitol, as a joint session continues to certify President-elect Joe Biden, in Washington, U.S., January 6, 2021. REUTERS/Mike Theiler ORG XMIT: PPP WAS71

Forças de segurança patrulham os corredores do Senado no Capitólio dos EUA. REUTERS/Mike Theile/AP

Apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, tentam entrar no Capitólio dos EUA durante um protesto contra a certificação dos resultados da eleição presidencial dos EUA de 2020 pelo Congresso dos EUA, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021

Apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, tentam entrar no Capitólio dos EUA . REUTERS/Jim Bourg/AP

Vista dos estragos causada no Capitólio, em Washington (EUA), nesta quarta-feira, 07, um dia após uma invasão promovida por extremistas pró-Donald Trump.

Estragos causada no Capitólio, em Washington (EUA), nesta quarta-feira, 07, um dia após uma invasão promovida por extremistas pró-Donald Trump. ANDREW HARNIK/AP

O deputado Andy Kim recolhe o lixo espalhado pelo chão nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 07 de janeiro de 2021, um dia após a invasão promovida por extremistas pró-Donald Trump no Capitólio

O deputado Andy Kim recolhe o lixo espalhado pelo chão nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 07 de janeiro de 2021, um dia após a invasão promovida por extremistas pró-Donald Trump no Capitólio. ANDREW HARNIK/AP

O senador Tim Scott observa móveis revirados nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 07 de janeiro de 2021, um dia após a invasão promovida por extremistas pró-Donald Trump no Capitólio

O senador Tim Scott observa móveis revirados nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 07 de janeiro de 2021, um dia após a invasão promovida por extremistas pró-Donald Trump no Capitólio. ANDREW HARNIK/AP

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.