ASSINE

Boris Johnson espera que grupos prioritários sejam vacinados até abril

O primeiro-ministro do Reino Unido afirmou que, é esperado que todos os adultos do país sejam vacinados até o outono do Hemisfério Norte, entre setembro e dezembro

Publicado em 15/02/2021 às 15h47
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido. Crédito: Reprodução | Twitter (@borisjohnson)

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou hoje esperar que no final de abril todas as pessoas pertencentes a grupos prioritários sejam vacinadas no Reino Unido, inclusive aquelas acima de 50 anos. "Esperamos vacinar todos os adultos do país no outono" do Hemisfério Norte, entre setembro e dezembro, projetou.

Mais de 90% daqueles acima de 70 anos já foram imunizados no Reino Unido, e a "vacinação está indo bem, mas ainda não temos os números da eficácia exata", afirmou. No entanto, o nível de infecções "segue alto", segundo Johnson, e "não é momento para se relaxar", declarou, em conferência de imprensa sobre a Covid-19.

"Temos boas razões para acreditar que as vacinas que estamos usando diminuem a incidência de efeitos graves da doença", afirmou o primeiro-ministro. Johnson indicou esperar que o lockdown mais recente tenha sido o último, mas, quando perguntado sobre o tema, afirmou ser algo que não pode garantir, tendo em vista as possibilidades de variações e a evolução da doença.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Coronavírus Inglaterra Mundo Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.