ASSINE

Opção para economizar, moto roda até 60 km com um litro de gasolina

Com a alta dos preços dos combustíveis, veículo de duas rodas se torna cada vez mais uma boa opção para mobilidade urbana e trabalho. Veja teste de autonomia em alguns modelos

Publicado em 13/04/2021 às 16h56
Frentista abastecendo motocicleta
Frentista abastecendo motocicleta. Crédito: Cicero Lima

Nos últimos tempos, a gasolina e o etanol viraram “ouro líquido” no Brasil. Os preços nos postos de combustíveis são atualizados de forma abusiva e o consumidor brasileiro é quem paga a dolorosa conta. Em alguns Estados, o valor do litro do combustível fóssil ultrapassou R$ 6 nas bombas de combustível. Nas estradas de todo o país, o preço por litro está nas alturas.

Como “efeito colateral”, por conta da economia de combustível que proporcionam, as motocicletas têm se firmado como uma opção mais racional de transporte individual no Brasil. Há opções no mercado que rodam mais de 40 quilômetros por litro, chegando a quase 60 km/l.

Quando chega a inexorável hora de “encarar o frentista”, uma dúvida normalmente aflige muitos motociclistas – o que vale mais a pena, gasolina ou etanol? Uma boa dica é multiplicar o preço da gasolina por 0,73. Se o resultado da conta for maior que o preço do etanol, o combustível de origem vegetal é o ideal. Caso seja menor, torna-se mais econômico optar pela gasolina. Outra forma de chegar à resposta correta é abastecer a motocicleta com a mesma soma em dinheiro, uma vez com gasolina e a outra com etanol, e calcular quantos quilômetros por litro o veículo faz com cada combustível. Em modelos mais modernos, a informação – km/l – está disponível no painel de instrumentos.

De qualquer forma e com qualquer combustível, a matemática comprova: é evidente que os veículos de duas rodas podem ser boas opções para o deslocamento urbano individual, principalmente nas grandes metrópoles, além de ferramentas indispensáveis para o trabalho de delivery, cada vez mais necessário nesses aparentemente intermináveis tempos de pandemia. Isso tudo com baixo consumo de combustível e esbanjando eficiência energética. Dependendo do modelo, dá para rodar mais de 40 quilômetros com um litro de gasolina.

Segundo a Honda, que produz quase 80% das motocicletas vendidas no Brasil, as avaliações de consumo de combustível são feitas sempre no lançamento dos modelos e os testes acontecem com o mesmo estereótipo de piloto (altura, peso e tipo de condução), bem como as condições climáticas e de pista. As medições de consumo são feitas por meio de um programa de computador desenvolvido pelo Instituto Mauá, ligado a um GPS. O programa determina o tipo de percurso para a simulação, entre ciclos urbano e rodoviário. Modelo mais popular da Honda, a Pop110i faz quase 60 quilômetros com cada litro de gasolina.

Honda Pop 110i
Honda Pop 110i faz quase 60 quilômetros com cada litro de gasolina. Crédito: Divulgação

VEJA ABAIXO OS RESULTADOS DE ALGUNS MODELOS DA MARCA: 

Consumo de motocicletas. Crédito: Agência Automotrix
Consumo de motocicletas. Crédito: Agência Automotrix
gasolina motocicleta Honda Combustível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.