ASSINE

Linha 2021 da Honda CB 250F Twister traz novos grafismos e cores

Naked continua em boa forma e preserva receita original, misturando economia e praticidade com um desempenho convincente

Publicado em 25/02/2021 às 15h54
Atualizado em 25/02/2021 às 15h54
As poucas novidades da Honda CB 250F Twister 2021 ficam por conta das atualizações nas linhas de grafismos que reforçam o nome Twister no tanque e cilindrada na rabeta
As poucas novidades da Honda CB 250F Twister 2021 ficam por conta das atualizações nas linhas de grafismos que reforçam o nome Twister no tanque e cilindrada na rabeta. Crédito: Honda/Divulgação

A Honda CB 250F Twister completou cinco anos de mercado comemorando a liderança nas vendas de seu segmento. As mais de 175 mil unidades do modelo vendidas desde o lançamento, em sua versão 2015, confirmam que a naked ainda está em boa forma e preserva a receita original, misturando economia e praticidade com um desempenho convincente e o design tradicional sigla “CB”. Na versão 2021, a Twister permanece como a única moto de sua categoria a oferecer opções de frenagem CBS ou ABS.

A versão ABS traz o sistema eletrônico de frenagem que impede o travamento das rodas, reduz a possibilidade de perdas de aderência e aumenta a eficácia dos freios, oferecendo espaços de parada mínimos em qualquer condição de piso, seco ou molhado. Já a versão de entrada CBS é equipada com um sistema de frenagem no qual o pedal do freio atua não apenas na roda traseira mas também direciona parte da ação de frear à dianteira.

As poucas novidades do modelo 2021 ficam por conta das atualizações nas linhas de grafismos que reforçam o nome Twister no tanque e cilindrada na rabeta, comuns em ambas versões, além das novas opções de cores na versão ABS, como a exclusiva cinza fosco, com detalhes em laranja nas rodas, e vermelho. Na versão CBS, as novidades ficam na opção de cor azul perolizado, do prata metálico e do vermelho, já presentes no line-up, mas que seguem a mesma atualização de grafismos.

As qualidades da Honda CB 250F Twister foram preservadas na linha 2021, como seu baixo peso, 137 quilos, e afinada ciclística, que ajudam na maneabilidade
As qualidades da Honda CB 250F Twister foram preservadas na linha 2021, como seu baixo peso, 137 quilos, e afinada ciclística, que ajudam na maneabilidade. Crédito: Honda/Divulgação

Se em termos estéticos as inovações foram superficiais, pelo menos as qualidades da Honda CB 250F Twister foram preservadas na linha 2021, como seu baixo peso, 137 quilos, e afinada ciclística, que ajudam na maneabilidade. O chassi tubular de aço tipo Diamond conta com suspensão dianteira telescópica com curso de 130 milímetros e traseira monoamortecida, com 108 milímetros. Os freios são a disco nas duas rodas, de 276 milímetros de diâmetro à frente e de 220 milímetros atrás. As rodas de liga leve aro 17 polegadas são calçadas por pneus radiais, medidas 110/70 na dianteira e 140/70 na traseira.

O motor OHC monocilíndrico de quatro tempos, arrefecido a ar e com quatro válvulas, também permanece o mesmo. Tem exatos 249,5 cm3, alimentação por injeção eletrônica PGM-Fi e tecnologia FlexOne. A potência máxima é de 22,4 cavalos (gasolina) e de 22,6 cavalos (etanol) a 7.500 rpm. O torque alcança 2,24 kgfm (gasolina) e 2,28 kgfm (etanol) a 6 mil rpm com ambos combustíveis. Tais números dão à Twister a melhor relação peso/potência de seu segmento. A capacidade do tanque de combustível, de 16,5 litros, permite ao modelo uma grande autonomia.

A CB 250F Twister ABS 2021 será oferecida nas cores cinza fosco com preço de R$ 16.990 e vermelho, de R$ 16.690. A CB Twister CBS 2021 tem preço de R$ 15.790. Os preços sugeridos têm com base o Estado de São Paulo e não estão inclusos despesas de frete e seguro. As duas versões têm três anos de garantia sem limite de quilometragem, mais sete trocas de óleo gratuitas.

Os freios da Honda CB 250F Twister são a disco nas duas rodas, de 276 milímetros de diâmetro à frente e de 220 milímetros atrás
Os freios da Honda CB 250F Twister são a disco nas duas rodas, de 276 milímetros de diâmetro à frente e de 220 milímetros atrás. Crédito: Honda/Divulgação
motocicleta Honda

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.