ASSINE

Equipe de Bruna Takahashi é vice-campeã da Taça de Portugal

Sporting perdeu para seu rival mais tradicional dos últimos anos, na final disputada neste domingo; Thiago Monteiro cai na semifinal com a equipe masculina...

Publicado em 04/04/2021 às 12h42
Atualizado em 04/04/2021 às 16h01
 Crédito: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte
Crédito: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte

A brasileira Bruna Takahashi foi o vice-campeã da Taça da Portugal Feminina de tênis de mesa por equipes. Ela defende o Sporting Lisboa, um dos clubes mais tradicional do país. Na decisão deste domingo, em Porto, as leoas foram derrotadas pelo mais tradicional rival, o CTM Mirandela, por 3 a 1. O clube do Norte conquistou seu 24° troféu, enquanto o Sporting tem 13 títulos.

No primeiro duelo do dia, o Mirandela levou a melhor, com a russa Olga Chramko derrotando Ana Helena Pedroso, por 3 a 0 (3/11, 4/11 e 2/11). Bruna foi para a mesa em seguida, contra a sérvia Annamaria Erdelyi, mas perdeu por 3 a 0: (7/11, 9/11 e 8/11).

Na sequência, as leoas se recuperaram na partida de duplas, com Bruna e Patrícia Santos batendo Olga Chramko e Ana Rita Fins, por 3 a 1 (11/9, 9/11, 11/8 e 11/9). Mas, no quarto confronto, Ana Rita Fins superou Ana Helena Pedroso, por 3 a 0 (5/11, 4/11 e 4/11).

Masculino

O time masculino, do brasileiro Thiago Monteiro, foi eliminado na semifinal, pelo GD Toledos, por 3 a 2, naquela que foi considerada a maior surpresa da Taça. Na partida de duplas, o Guerreiro Cearense, jogando ao lado de Diogo Carvalho, venceu a parceria formada por Diogo da Silva e Guilherme Seduvem, por 3 a 0 (11/6, 11/3 e 11/8). Mas, no quinto e decisivo confronto, Monteiro foi derrotado por José Ênio Encarnação, por 3 a 2 (11/6, 4/11, 2/11, 13/11 e 8/11).

Ishiy: briga pela liderança

Na divisão Pro B da França, o C’Chartres, time de Vitor Ishiy, segue na briga pela liderança da competição. A equipe perdeu para o Miramas, na sexta-feira, por 3 a 1, está com 31 pontos ganhos, dois a menos que o Roanne (eles ainda terão um confronto direto) e quatro a menos que o Amiens, que tem dois jogos a mais. Na Pro A, o Istres, de Eric Jouti, foi derrotado pelo Hennebont, por 3 a 1, mas o brasileiro não atuou.

Carol Kumahara não jogou no final de semana pelo Tecnigen Linares, da Espanha, e pelo Norbello, na Itália. O time espanhol briga pela liderança na Superdivisão Feminina, enquanto a equipe italiana tem campanha discreta até o momento. Outra brasileira que descansou no fim de semana foi Jessica Yamada, já que o Reus Ganxets Miró, na Espanha, e o Köpings, na Suécia, não atuaram. Por sua vez, o Liebherr Ochsenhausen, de Hugo Calderano, se prepara para a disputa das semifinais da Bundesliga, contra o Saarbrücken, a partir da próxima quinta-feira.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.