ASSINE

Saiba como criar um bar em casa para curtir e receber amigos

Para quem gosta de receber visitas e confraternizar com amigos em casa, a dica é investir em um cantinho e montar um bar particular

Tempo de leitura: 2min
Rede Gazeta
Publicado em 25/02/2022 às 14h03
Atualizado em 01/04/2022 às 18h41
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra. Crédito: Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Guilherme Pucci

Quem gosta de receber visitas ou aproveitar um bom vinho depois de um dia de trabalho puxado, ter um cantinho para curtir esses momentos em casa é essencial. Aos interessados, a dica é investir no famoso “barzinho” e o melhor: não precisa de muito trabalho para transformar um cômodo.

Se falta espaço, mas sobra vontade, o arquiteto Bruno Moraes destaca que basta ter criatividade. Adotar um carrinho de bebida, por exemplo, permite mobilidade e flexibilidade para levá-lo a outros lugares da casa. Bandejas com a exposição de destilados e garrafas mais caras também são uma boa pedida para aqueles que não podem montar um cômodo específico.

“Acho que o primeiro passo é entender que tipo de espaço a pessoa quer criar. Quem tem condições de investir em móveis planejados e adaptados vai precisar de organização e estudo, já que também é importante pensar em formas de otimizar o ambiente”, afirma.

Ao lado da bancada da cozinha e do cantinho do violão, a estante guarda bebidas e taças de forma prática
Ao lado da bancada da cozinha e do cantinho do violão, a estante guarda bebidas e taças de forma prática. Crédito: Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Luis Gomes

De acordo com o arquiteto, um erro comum são os armários com uma distância igual entre as prateleiras. Bruno Moraes explica que taças de vinho não têm a mesma altura do que copos de caipirinha, por exemplo, e, por isso, calcular esses centímetros permite uma colocação melhor dos objetos e maior funcionalidade do mobiliário.

“O bar precisa ter personalidade, mas também estar em harmonia com o resto do lar. Os elementos precisam estar de acordo com a sala ou a varanda. Mas acima de tudo, é preciso compreender quais os tipos de bebidas que serão consumidas, já que vinhos são armazenados na horizontal e alguns precisam ser mantidos em espaços refrigerados. Ao contrário dos destilados”, pontua Moraes.

Para quem não tem muito espaço, uma bandeja com alguns rótulos expostos é uma boa alternativa
Para quem não tem muito espaço, uma bandeja com alguns rótulos expostos é uma boa alternativa. Crédito: Projeto de Fernanda Cecotti e fotos de Camila Santos

Ou seja, avaliar o melhor lugar da casa é um passo primordial. A designer de interiores Fernanda Cecotti também ressalta esse como um dos principais pontos ao transformar qualquer cômodo do lar em um barzinho. Além disso, ela acrescenta que é nesse ambiente é importante ter boa parte das ferramentas ao alcance da mão para facilitar na produção dos drinques.

Fernanda Cecotti

Designer de interiores

"Precisamos dimensionar tudo porque o espaço tem que ser funcional. É sempre interessante uma bancada de apoio, um armário superior com prateleiras de alturas diferentes, uma pia para eventuais sujeiras, cervejeiras, coqueteleiras. Isso tudo vai ajudar a valorizar a questão estética, afinal a proposta de ter um bar em casa tem seu charme"

CONFIRA ALGUMAS DICAS E APRENDA A MONTAR UM "BARZINHO" EM CASA

Onde colocar?

Ter um barzinho em casa é sinônimo de confraternização, porque o ideal é que ele esteja sempre próximo às áreas sociais. Mas é preciso ter atenção. Caso as garrafas armazenadas exijam ambientes refrigerados, a varanda pode não ser o melhor local. Isso porque com a incidência do sol, a temperatura pode variar muito ao longo do dia e danificar a potência dos eletrodomésticos e a qualidade das bebidas. “Alguns clientes não abrem mão de uma cervejeira, já os vinhos não podem ficar muito expostos ao sol. Mas caso o bar seja composto em maioria de vodca ou gin, por exemplo, não vejo problema em fazer em uma área externa”, comenta Bruno Moraes.

Quais móveis comprar?

Quem está atrás de praticidade e flexibilidade, um carrinho de bebidas pode ser a melhor alternativa. Assim como bandejas para expor os rótulos mais caros. Entretanto, se você estiver pensando em investir vale também dar uma olhada em aparadores amplos, cristaleiras e bancadas para preparo de bebidas.

Quais os materiais?

Uma boa dica é apostar em móveis e tampos impermeabilizados. Isso vai ajudar a aumentar a vida útil do espaço. Caso prefira optar pelo uso de pedras e mármores, vale a pena ficar de olho nas que absorvem mais líquidos porque essas são as que correm maior risco de marcas.

Como ter total aproveitamento?

“Bancadas são sempre funcionais porque elas são um apoio, mas é preciso calcular e medir o mobiliário para ter o aproveitamento correto dos espaços. Então, preste sempre atenção no agrupamento de elementos semelhantes e de características parecidas”, indica a designer de interiores, Fernanda Cecotti. 

IDEIAS E INSPIRAÇÕES

Quem ficou interessado e está pensando em montar um cantinho como esse em casa, separamos alguns exemplos de projetos dos arquitetos consultados. Confira a galeria: 

Confira algumas ideias de barzinho em casa

Neste ambiente, o barzinho fica ao lado da cozinha da americana e divide espaço com o cantinho do café. No local também há uma adega climatizada.
Neste ambiente, o barzinho fica ao lado da cozinha da americana e divide espaço com o cantinho do café. No local também há uma adega climatizada. Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Luis Gomes
Para quem não tem muito espaço, uma bandeja com alguns rótulos expostos é uma boa alternativa
Para quem não tem muito espaço, uma bandeja com alguns rótulos expostos é uma boa alternativa. Projeto de Fernanda Cecotti e fotos de Camila Santos
O barzinho deve, preferencialmente, ficar próximo da área social.
O barzinho deve, preferencialmente, ficar próximo da área social. . Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Luis Gomes
Além de bar, a mesinha pode servir como cantinho de home office
Além de bar, a mesinha pode servir como cantinho de home office. Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Luis Gomes
Este apartamento tem dois espaços para abrigar as bebidas: o primeiro, na cozinha, junto com o balcão principal, onde algumas garrafas ficam localizadas e a varanda gourmet com mini geladeira e adega
Este apartamento tem dois espaços para abrigar as bebidas: o primeiro, na cozinha, junto com o balcão principal, e o segundo na varanda gourmet com mini geladeira e adega. Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Luis Gomes
Ao lado da bancada da cozinha e do cantinho do violão, a estante guarda bebidas e taças de forma prática
Ao lado da bancada da cozinha e do cantinho do violão, a estante guarda bebidas e taças de forma prática. Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Luis Gomes
Nesta casa de campo, o barzinho ficou junto da sala de jogos
Nesta casa de campo, o barzinho ficou junto da sala de jogos. Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Guilherme Pucci
Também é possível escolher um cantinho mais reduzido e instalar uma adega e uma pequena bancada
Também é possível escolher um cantinho mais reduzido e instalar uma adega e uma pequena bancada . Projeto de Fernanda Cecotti e fotos de Camila Santos
Nesse exemplo, as taças estão expostas na cristaleira e o barzinho ficou próximo a cozinha
Nesse exemplo, as taças estão expostas na cristaleira e o barzinho ficou próximo a cozinha. Projeto de Fernanda Cecotti e fotos de Camila Santos
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra. Projeto de Bruno Moraes Arquitetura e fotos de Guilherme Pucci
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra
Neste projeto, há uma grande bancada para a preparação de bebidas e aperitivos. Como o ambiente é mais amplo, os utensílios ficam à mostra

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
decoracao imóveis Apartamento Mercado imobiliário Imóveis

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.