ASSINE

Time feminino do São Paulo aplica goleada histórica no Taboão: 29x0

Tricolor encarou uma equipe com menos de um mês de trabalho e não tomou conhecimento dentro de campo ao golear pelo placar elástico e incomum no futebol...

Publicado em 21/10/2020 às 14h12
Atualizado em 22/10/2020 às 00h30
 Crédito: São Paulo disputa o Campeonato Paulista e o Brasileirão nesta temporada (Renata Lufti/saopaulofc.net
Crédito: São Paulo disputa o Campeonato Paulista e o Brasileirão nesta temporada (Renata Lufti/saopaulofc.net

A equipe feminina do São Paulo aplicou uma goleada histórica na tarde desta quarta-feira. Em Barueri, o Tricolor mediu forças com o Taboão da Serra pela segunda rodada do Campeonato Paulista e não tomou conhecimento do seu adversário. O clube do Morumbi venceu por incríveis 29 a 0, com o primeiro tempo acabando em 17 a 0.

O confronto foi marcado por uma diferença técnica grotesca entre as duas equipes. Enquanto o São Paulo disputa o Brasileirão desde o início da temporada e briga pelo título nacional, o elenco do Taboão da Serra foi formado recentemente e teve poucas semanas de trabalho antes do começo do Campeonato Paulista, iniciado no último fim de semana.

O resultado chegou a ser constrangedor, mas o São Paulo manteve o profissionalismo e não deixou de competir ao longo da partida. A artilheira da partida foi Kamilla, com seis gols, seguida por Carol, com cinco. Os outros gols da partida foram marcados por: Duda (três vezes), Giovanninha (três vezes), Emily (três vezes), Glaucia (duas vezes), Andressa (duas vezes), Dani (duas vezes), Giovana, Pérolla e ainda houve um gol contra.

- A gente usa a camisa do Taboão, mas só para participar do Campeonato Paulista. Ninguém recebe salário, não temos apoio nenhum, nem uniforme de treino a gente tem. Somos só nós e a comissão técnica mesmo. Treinamos dois dias pra começar o campeonato, mas não vamos baixar a cabeça nunca - afirmou a volante Nini no intervalo da partida. Ao fim da partida, o panorama de respeito entre as jogadoras das duas equipes. Alguns nomes do Taboão da Serra deixaram o gramado chorando e foram amparadas pelas atletas do São Paulo.

- Eu estou muito orgulhosa do meu time porque do começo ao fim tivemos garra. Não temos nem um mês de treino juntos e, querendo ou não, o São Paulo é superior. Estou orgulhosa e vamos continuar indo para cima - afirmou Tauane, do Taboão da Serra, ao fim do confronto.

O Tricolor volta a campo no domingo, às 14h, para encarar o Realidade Jovem pela terceira rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Já o Taboão da Serra viaja até Araraquara, onde mede forças com a Ferroviária, também no domingo, só que às 18h.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.