ASSINE

No Kleber Andrade, Marrony vai completar 50 jogos como profissional

Após fim de longo jejum, o jovem atacante, de 20 anos, chega confiante para enfrentar o CSA em terras capixabas

Publicado em 29/07/2019 às 17h32
Marrony estará em ação com o Vasco no Kleber Andrade diante do CSA. Crédito: Carlos Gregório Jr./Vasco
Marrony estará em ação com o Vasco no Kleber Andrade diante do CSA. Crédito: Carlos Gregório Jr./Vasco

O jogo do Vasco contra o CSA, no estádio Kleber Andrade, terá uma dose extra de emoção para o jovem Marrony: o atacante de 20 anos vai completar 50 jogos como profissional justamente em terras capixabas. E vem confiante.

Artilheiro do Vasco no ano, com sete gols, Marrony tirou um baita peso das costas no último final de semana ao marcar no empate em 1 a 1 com o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. Ele vivia um incômodo jejum, já que não balançava as redes há quase cinco meses. A última vez que o atacante comemorou um gol foi no dia 2 de março, ainda pela Taça Rio, na vitória por 2 a 0 diante do Boavista.

Em entrevista ao Gazeta Online, o próprio jogador admite que estava incomodado com a seca de gols e que era muito cobrado também pela torcida e pela família.

"Foi um gol muito importante não só para o Vasco, mas para mim também. Já tinha tempo que não marcava numa partida oficial, e graças a Deus pude ser feliz para fazer logo no começo de um jogo contra o Palmeiras, que começou a rodada como líder. Vinha sendo bastante cobrado pelo torcedor vascaíno, pela minha família e por mim mesmo. Quando eu fiz o gol, eu fiquei muito feliz e só pensei em dedicá-lo aos torcedores, pois nos dão maior força vindo ao estádio e nos apoiando. Vou seguir trabalhando forte para continuar marcando e ajudando o Vasco.”

Para o jogo contra o CSA, neste domingo, Marrony deve ser mantido no time titular e espera receber, mais uma vez, o carinho da torcida capixaba. Só este ano, ele já esteve no Espírito Santo em três oportunidades e foi titular em todas as vezes – Serra 0 x 2 Vasco pela Copa do Brasil, Cabofriense 2 x 0 Vasco pelo Campeonato Carioca e um amistoso com vitória por 2 a 0 diante do Rio Branco.

"A gente sempre é muito bem recebido quando joga fora no Rio, e aí no Espírito Santo não é diferente. Quando chegamos no Aeroporto, tem sempre muita torcida para nos receber. Foi assim todas as vezes que fomos jogar lá em Cariacica. É especial sim. Temos certeza que dessa vez será da mesma forma. Contamos com o apoio de todos para juntos irmos em busca de mais uma vitória no Brasileirão”, afirmou Marrony, que tem atraído olhares de gigantes europeus.

Marrony em ação no Kleber Andrade, no jogo entre Serra e Vasco, pela Copa do Brasil, em fevereiro. Crédito: Marcelo Prest
Marrony em ação no Kleber Andrade, no jogo entre Serra e Vasco, pela Copa do Brasil, em fevereiro. Crédito: Marcelo Prest

"Fico feliz em saber que o meu trabalho está sendo reconhecido, é bom quando isso acontece, seja da forma que for, mas minha cabeça está aqui no Vasco. Estou muito motivado e vou seguir dando o meu máximo para dar alegrias para o clube."

A Gazeta integra o

Saiba mais
kleber andrade

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.