> >
Hulk é denunciado pelo STJD por lance contra o Coritiba; Atlético-MG cita Gabigol e protesta: 'Inaceitável'

Hulk é denunciado pelo STJD por lance contra o Coritiba; Atlético-MG cita Gabigol e protesta: 'Inaceitável'

Clube apontou influência da postagem de atacante do Flamengo na denúncia ...

Publicado em 11 de maio de 2022 às 16:52- Atualizado há 2 anos

Ícone - Tempo de Leitura 2min de leitura

O atacante Hulk, do Atlético-MG, será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por um lance ocorrido na partida contra o Coritiba, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diante disso, o time alvinegro divulgou uma nota nesta quarta-feira (11), dizendo receber a denúncia "com perplexidade", classificando-a como "inaceitável".

+ E o Atlético-MG? Times que aderiram à Libra e quem está na espera

No lance em questão, Hulk perdeu a disputa de bola com o volante William Freitas, do Coritiba, e acabou chutando o adversário na jogada, recebendo assim um cartão amarelo. Diante da denúncia, enquadrada no artigo 254-A do STJD, que fala sobre "desferir chutes ou pontapés"; o atacante poderá pegar de 4 a 12 jogos de suspensão.

- É inaceitável que a Procuradoria do STJD, que deve primar pela isenção e pela imparcialidade, tenha se prestado ao papel de fazer tal denúncia, oferecida pelo Sr. Rafael Bozzano, claramente motivada por desejo de prejudicar o Clube Atlético Mineiro - diz um trecho da nota oficial divulgada pelo Atlético-MG em seu site Além de repudiar a denúncia, o time alvinegro acusou que uma postagem de Gabigol sobre o lance em rede social teria influenciado na denúncia.

- É inadmissível que uma postagem infeliz de um atleta rival, em uma rede social, possa motivar denúncia por parte de um procurador do STJD - expressou o clube.

Na postagem, Gabigol havia ironizado a diferença de tratamento dos árbitros em relação a ele e a Hulk pelas redes sociais. Segundo o jogador do Flamengo, o mesmo lance o renderia "cartão vermelho, 25 jogos de suspensão e 'direto' para a delegacia por agressão".

O Atlético ainda relembrou quando o ônibus do clube foi apedrejado em Curitiba, na decisão da Copa do Brasil, em dezembro de 2021, ocasião da qual o STJD perdeu o prazo para realizar a denúncia. Segundo o clube mineiro, "o mesmo interesse e agilidade não foram vistos" no acontecimento.

- O Atlético não aceitará calado iniciativas esdrúxulas como essas e fará o que for possível para revertê-las, bem como impedir que motivações pessoais voltem a macular as competições nacionais - finalizou o clube mineiro.

Este vídeo pode te interessar

(Hulkrecebeucartãoamarelopelolancedenunciado(Foto:PedroSouza/Atlético)

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais