> >
Confiança sai na frente, mas acaba cedendo empate ao Figueirense

Confiança sai na frente, mas acaba cedendo empate ao Figueirense

Resultado faz equipe sergipana perder a chance de colar no G4 da competição; equipe catarinense segue nas últimas posições...

Publicado em 1 de dezembro de 2020 às 21:14- Atualizado há 3 anos

Ícone - Tempo de Leitura 2min de leitura
((Reprodução/Premiere)

Jogando na Arena Batistão, na noite desta terça-feira (1º), o Confiança até conseguiu sair na frente, porém acabou sofrendo o empate já na reta final do Figueirense, pela 25ª rodada do Brasileirão Série B.

Com o placar final de 1 a 1, o Dragão chegou aos 36 pontos, ficando na 9ª colocação. Já a equipe catarinense, com ponto conquistado fora de casa, segue na luta para deixar o Z4, ocupando a 18ª posição agora com 22.O jogo

Em um início de poucas emoções, o Confiança até que tentou aventurar-se em seu campo de ataque na expectativa de surpreender o Figueirense. Entretanto, a única chance foi aos 11, com Ítalo, após passe de Guilherme Castilho, mas acabou mandando por cima do gol de Rodolfo.

Na sequência, o técnico Jorginho já foi obrigado a fazer sua primeira substituição no jogo, ao tirar Matheus Neris, que acabou caindo sozinho e sendo retirado de campo de maca, colocando Jhonatan em seu lugar. Porém, foi o time da casa quem continuou melhor, desta vez conseguindo assustar o goleiro rival, após bom toque de cabeça de Guilherme Castilho, que acabou acertando a trave.

Perto dos acréscimos, aos 42, finalmente o Dragão conseguiu tirar o zero do placar na Arena Batistão. Após chutão de Nirley, Renan Gorne conseguiu desviar de cabeça para Reis que, por sua vez, arrancou para a área do Figueira, driblando Renan Luís antes de fazer. 1 a 0.

Já no segundo tempo, Jorginho promoveu apenas uma troca no intervalo ao tirar Nicholas e colocar Geovane Itinga em seu lugar. Mas o Confiança seguia melhor. Até meados dos 15 minutos, os donos da casa ofereciam mais perigo como na tentativa de gol olímpico de Guilherme Castilho.

Até meados dos 30 minutos, o panorama era basicamente o mesmo. Com mudanças dos dois lados, a equipe sergipana não dava chances ao Figueira, conseguindo chegar com certa facilidade ao seu campo de ataque, porém errando no último passe ou esbarrando na marcação.

Mas os visitantes não estavam dispostos a se entregar. Sendo assim, aos 38, Dudu, após cruzamento de Geovane, deixou o meia em boas condições cabecear para o fundo das redes. 1 a 1.

Este vídeo pode te interessar

Sem pensar duas vezes, o técnico Daniel Paulista então promoveu mais uma substituição colocando o atacante Ari Moura no lugar do volante Serginho. Entretanto, acabou sendo em vão a troca já que o time local não conseguiu pressionar o Figueira em busca do tento da vitória, fechando o placar com um empate.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Tags:

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais