ASSINE

Com dois gols de Pedro Raul, Botafogo bate Coritiba de virada e garante vitória heroica no Brasileirão

No sufoco e na raça, Alvinegro garante vitória em virada de seis minutos e ainda vê os donos da casa perderem pênalti aos 47 minutos da segunda etapa...

Publicado em 19/12/2020 às 20h02
Atualizado em 19/12/2020 às 23h30
 Crédito: Botafogo garante resultado importante no Brasileirão (Vítor Silva/ BFR
Crédito: Botafogo garante resultado importante no Brasileirão (Vítor Silva/ BFR

De virada, heroico e na raça. Em confronto direto na luta contra o rebaixamento no Brasileirão, o Botafogo venceu o Coritiba por 2 a 1, de virada, neste sábado, e garantiu três pontos importantíssimos no Couto Pereira, dando esperanças para o seu torcedor. Pedro Raul marcou os dois gols da virada do Glorioso. Neílton fez para o Coxa. >Confira e simule a tabela do Brasileirão

Com o resultado, o Botafogo deixa a lanterna do Brasileirão e sobe para 18º lugar, com 23 pontos conquistados. A equipe de Eduardo Barroca conseguiu encerrar o jejum de vitórias que já durava 12 jogos. Enquanto isso, o Coritiba permaneceu com 21 pontos e caiu para 19º lugar na tabela.

As equipes voltam aos gramados no Brasileirão no próximo fim de semana. No sábado, às 17h, o Coritiba visita o Atlético-MG. No domingo, o Botafogo encara o Corinthians, às 16h, no Nilton Santos.

Glorioso começa melhorPressionado para ter um bom resultado, o Botafogo entrou em campo demonstrando muita vontade e foi melhor que o Coritiba nos primeiros minutos. Atuando na lateral esquerda, Rafael Forster foi um dos destaques da equipe, apoiando o ataque e ajudando na defesa. Logo aos 3 minutos, José Welison arriscou de longe, a bola desviou na defesa, e sobrou para Forster. O Lateral-esquerdo improvisado pegou de primeira, a bola desviou e saiu pela linha de funda em escanteio. Na cobrança, Marcelo Benevenuto desviou de cabeça e viu Matheus Galdezani salvar o Coritiba afastando o perigo. Aos 19, Pedro Raúl recebe na área, ganha a dividida contra dois zagueiros do Coxa e chuta forte para boa defesa de Wilson.

Lei do exA intensidade dos primeiros minutos do Botafogo diminuiu e o Coritiba começou a gostar da partida. Aos 20 minutos, Giovani Augusto cruzou e Rhodolfo cabeceou com perigo contra o gol do Alvinegro. Aos 23, Neílton carregou a bola e arriscou de fora da área. A bola desviou em Marcelo Benevenuto e obrigou Diego Cavalieri a fazer uma grande defesa. O próximo lance de Neílton, ex-jogador do Botafogo, faria valer a 'lei do ex. Aos 25, Giovanni Augusto fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Neílton chegar batendo. Diego Cavalieri espalmou e, no rebote, o próprio Neílton conferiu para colocar o Coxa na frente do placar. O time de Eduardo Barroca sentiu o gol e só assustou novamente os donos da casa aos 40 minutos, em cobrança de falta de Honda defendida por Wilson.

Lá e cá O Segundo tempo voltou animado, com chances para as duas equipes. Aos 3 minutos, Pedro Raul ajeitou de cabeça para Kalou, mas o atacante não conseguiu alcançar para desviar para o gol. A resposta do Coxa foi imediata, em nova jogada entre Giovanni Augusto e Neílton. O meia escapou pela esquerda, tocou para o o atacante chegar batendo, mas a bola foi para fora. Aos 10 minutos, Pedro Raul arriscou de fora da área, a bola desviou e quase matou o goleiro Wilson, que voltou para fazer a defesa. Aos 16, novamente em tentativa de fora da área, Honda pegou forte de perna esquerda e viu a bola raspar a trave. Após o chute, o japonês sentiu dores e pediu substituição.

Virada e dramaO Botafogo conseguiu o que parecia improvável e virou a partida em poucos minutos. Aos 29, Cícero cruzou a bola em direção ao gol, a bola desviou levemente em Pedro Raul e entrou no canto do goleiro Wilson. Apenas 8 minutos depois, aos 37, após consultar o VAR, o árbitro marcou pênalti por toque no braço de Matheus Sales. O camisa 9 pegou a bola, bateu com segurança e virou a partida para o Glorioso. No fim, um susto. Em nova intervenção do VAR, a arbitragem marcou pênalti de Kevin em Robson, aos 47 minutos do segundo tempo. Sabino caminhou lentamente para bola, e isolou a chance do empate. Após o lance, o Botafogo se segurou e garantiu uma virada heroica no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA:CORITIBA 1 x 2 BOTAFOGO

Data/Horário: 19/12/2020, às 21h​Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA - SP)Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA - SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)Gramado: BomCartão amarelo: Matheus Galdezani; Maílton; Matheus (COR) / Kanu (BOT) Cartão vermelho:

GOL: 25' 1ºT Neílton (1-0) / Pedro Raul 29' 2ºT (1-1) / Pedro Raul 37' 2ºT (1-2)

CORITIBA: Wilson; Jonathan (Maílton, 19' 2ºT), Rhodolfo, Sabino, William Matheus; Matheus Sales, Matheus Galdezani (Hugo Moura - intervalo), Giovanni Augusto (Mattheus Oliveira, 23' 2ºT); Rafinha, Neílton (Yan Sasse, 27' 2ºT), Pablo Tomáz (Robson, 19' 2ºT). Técnico: Pachequinho.

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu, Rafael Forster; José Welison (Matheus Babi 10' 2ºT), Caio Alexandre; Keisuke Honda (Cícero, 19' 2ºT), Warley (Lecaros 10' 2ºT); Kalou, Pedro Raul. Técnico: Eduardo Barroca.

botafogo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.