> >
Ciclista espanhol morre após problema no coração em prova no deserto

Ciclista espanhol morre após problema no coração em prova no deserto

Não é a primeira vez que uma pessoa morre ao participar do Titan Desert. Em 2019, um espanhol de 46 anos morreu também durante a segunda etapa da prova

Publicado em 11 de maio de 2022 às 08:41

Ícone - Tempo de Leitura 1min de leitura

Um ciclista de 50 anos morreu nesta segunda-feira (9) em consequência de um problema cardíaco ao participar do Titan Desert, uma prova de 598 km disputada no deserto do Marrocos, no domingo (8).

Segundo o jornal espanhol Marca, Ernesto Escolano estava na segunda etapa da prova, no trecho entre Merzouga e Ksar Jdaid, que tem o total de 102 km. Ele precisou de atendimento médico no km 89, foi atendido no local pela equipe médica da organização e foi transferido de helicóptero para um hospital em Marraquexe, onde morreu no dia seguinte.

Os ciclistas da Titan Desert percorrem 598 km no deserto de Marrocos.
Os ciclistas da Titan Desert percorrem 598 km no deserto de Marrocos. (Divulgação/Titan Desert)

O espanhol, natural de Huesca, competia na categoria Master 50. Ele terminou o primeiro dia da prova em 357º lugar, com o tempo de 6h35min28s.

A organização da prova enviou "condolências e carinho aos familiares e amigos" de Escolano.

Não é a primeira vez que uma pessoa morre ao participar do Titan Desert. Em abril de 2019, um espanhol de 46 anos morreu também durante a segunda etapa da prova por insuficiência cardíaca.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Tags:

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais