> >
Vila Velha terá vias interditadas a partir de 4ª feira para festa da cidade

Vila Velha terá vias interditadas a partir de 4ª feira para festa da cidade

Haverá interdições parciais e totais de ruas e avenidas para que eventos em comemoração ao Dia da Colonização do Solo Espírito-Santense e Aniversário de Vila Velha

Publicado em 21 de maio de 2024 às 10:04

Ícone - Tempo de Leitura 3min de leitura
Data: 07/05/2020 - Vila Velha - Carros circulando pela Avenida Champagnat, em  Praia da Costa, em Vila Velha - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Trânsito em Vila Velha terá interdições a partir de 4ª feira para festa da cidade . (Ricardo Medeiros)
Roberta Costa
Estagiária / [email protected]

Para as celebrações do Aniversário de Vila Velha e do Dia da Colonização do Solo Espírito-Santense, celebrados na próxima quinta-feira, dia 23 de maio, haverá interdições em vias do município canela-verde, começando na quarta-feira (22) com a Corrida do Fogo Simbólico, em que o trânsito local precisará vai sofrer interdições temporárias. Confira as mudanças viárias que acontecem até domingo (26).

Corrida do Fogo Simbólico

A Corrida do Fogo Simbólico consiste na transposição da tocha e ocorrerá na quarta-feira, com início no Palácio Anchieta, no Centro de Vitória, às 15h. Algumas vias serão parcialmente interditadas para os atletas, sendo liberadas conforme a passagem da tocha.

Os atletas que participarem da corrida em Vila Velha passarão pela Avenida Carlos Lindenberg, depois por um trecho da Jerônimo Monteiro, pela Avenida Champagnat, seguindo pela rua Antônio Ataíde e entrando na Avenida Antônio Ferreira, na Avenida Luciano das Neves até chegarem à Prainha.

Desfile Cívico-Militar

Na quinta-feira (23), acontece o Desfile Cívico-Militar em homenagem à Colonização do Solo Espírito-Santense na Avenida Jerônimo Monteiro, a partir das 8h. Para realização do tradicional evento, a Avenida Jerônimo Monteiro e a rua Henrique Moscoso serão interditadas na altura da rua Antônio Ataíde até a rua Maria Amália, a partir das 3h da madrugada.

A recomendação da Prefeitura de Vila Velha para os motoristas que seguem em direção à Avenida Carlos Lindenberg terão que passar por um trecho da Henrique Moscoso, entrando na rua Antônio Ataíde e seguindo pelas ruas Castelo Branco e Maria Amália. Os motoristas que seguem no sentido praia terão de passar pela Avenida Carlos Lindenberg, seguir pela rua Sete Setembro, rua Antônio Ataíde e Avenida Champagnat.

Durante o desfile, instituições como Guardas Municipais da Grande Vitória, Marinha, Exército, Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal; Corpo de Bombeiros e Salvamar estarão presentes, além de 1.300 alunos de escolas municipais. Veja abaixo como serão as interdições no dia do evento:

Trânsito em Vila Velha terá interdições a partir de 4ª feira para festa da cidade
Trânsito em Vila Velha terá interdições a partir de 4ª feira para festa da cidade. (Divulgação/Prefeitura de Vila Velha)

Shows no Parque da Prainha

Neste ano, haverá apresentações musicais durante quatro dias na região do Parque da Prainha. Entre os dias 23 (quinta-feira) a 26 de maio (domingo) haverá barreiras de bloqueio fixas na entrada do bairro, com horários definidos, para impedir a entrada com veículos não autorizados.

Apenas os moradores e comerciantes que estiverem cadastrados poderão entrar no bairro com veículos. A Prefeitura de Vila Velha ressalta que moradores que já possuem credencial não precisarão renovar, pois o documento tem validade até o dia 31 de dezembro de 2024.

Horários das barreiras:

  • Do dia 23 a 25 de maio: das 14h às 00h
  • Dia 26 de maio: de 12h às 22h

Confira pontos com barreiras:

  • Rua Presidente Lima x 23 de Maio
  • Rua Cabo Alyson Simões
  • Rua Antônio Ataíde x Rua Castelo Branco
  • Rua Luiza Grinalda x Rua Dom Jorge de Menezes
  • Avenida Luciano das Neves x Rua Castelo Branco

Este vídeo pode te interessar

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais