ASSINE

Barcos com jornalistas interceptados na área que Bolsonaro passa folga

Os militares abordaram por duas vezes a embarcação alugada por equipes de reportagem para tentar registrar a presença de Bolsonaro na região

Publicado em 23/12/2018 às 20h18
Jair Bolsonaro. Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Jair Bolsonaro. Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Militares da Marinha interceptaram neste domingo (23) uma lancha ocupada por jornalistas que faziam a cobertura da visita do presidente eleito, Jair Bolsonaro, à Restinga da Marambaia.

Os militares abordaram por duas vezes a embarcação alugada por equipes de reportagem para tentar registrar a presença de Bolsonaro na região.

Profissionais da Folha de S.Paulo, dos jornais "Estado de S.Paulo e "O Globo" e da TV Bandeirantes ocupavam a lancha.

Na primeira abordagem, os militares estabeleceram um perímetro de segurança da restinga para os jornalistas trabalharem.

Na segunda, pediram a documentação da embarcação e escoltaram o grupo para uma região mais distante da restinga.

No final do ano passado, a Marinha adotou procedimento semelhante na visita do presidente Michel Temer na área militar.

Desde sábado (22), Bolsonaro está na região de proteção das Forças Armadas. Ele vai passar o Natal com os familiares lá.

Neste domingo, a assessoria do presidente eleito divulgou fotos de Bolsonaro lavando e colocando no varal roupas de mergulho. Em novembro, ele passou o feriado de Finados na restinga.

A Gazeta integra o

Saiba mais
jair bolsonaro marinha do brasil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.