O então ministro da Justiça, Luis Antônio Gama e Silva, e o locutor oficial, Alberto Curi, na leitura do AI-5
O então ministro da Justiça, Luis Antônio Gama e Silva, e o locutor oficial, Alberto Curi, na leitura do AI-5. Crédito: Agência Estado/Arquivo

50 anos do AI-5: o mais duro golpe na democracia

Decreto, de 13 de dezembro de 1968, transformou a censura e a tortura em políticas de Estado pelos dez anos seguintes, período no qual o ato esteve em vigência

Publicado em 13/12/2018 às 09h02