ASSINE

Suspeito usa máscara de idoso para furtar loja em shopping no ES

Seguranças do local desconfiaram da ação do suspeito e acionaram a Polícia Militar; o comparsa foi apreendido, mas o mascarado conseguiu fugir

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 08/04/2021 às 18h26
Atualizado em 08/04/2021 às 20h49
Adolescente usou máscara de idoso e tentou assaltar joalheria em Vila Velha
Suspeito usou máscara de idoso e tentou assaltar joalheria em Vila Velha . Crédito: Divulgação | Polícia Militar

Correção

8 de Abril de 2021 às 20:00

Anteriormente, a Polícia Militar havia informado que o adolescente apreendido era o suspeito que usou a máscara de idoso para furtar a loja. Posteriormente, a major Samiramis, comandante da 1ª Companhia do 4º Batalhão da PM, corrigiu a informação afirmando que o suspeito que usou a máscara conseguiu fugir. O adolescente apreendido era comparsa do mascarado. O texto foi corrigido.

Um adolescente de 17 anos foi apreendido nesta quinta-feira (8) após tentar furtar uma loja de joias em um shopping na Praia da Costa, em Vila Velha. O que chamou a atenção dos funcionários e da própria Polícia Militar é que o comparsa do jovem, que entrou na joalheria, usava uma máscara de idoso.

Os seguranças do local desconfiaram ao verem os suspeitos e acionaram a Polícia Militar. Com o adolescente, foi apreendido um revólver calibre 38 com cinco munições. O comparsa, que estava com a máscara de idoso, conseguiu fugir.

De acordo com a major Samiramis, comandante da 1ª Companhia do 4º Batalhão, os seguranças do shopping verificaram uma movimentação estranha nas proximidades da joalheria e imediatamente acionaram a PM através de um grupo do Whatsapp.

Após o contato, viaturas cercaram o local. "Ao ver a movimentação dos seguranças, a dupla percebeu e tentou fugir pelo shopping. Com isso, a PM estava entrando e conseguiu deter um deles, que é o menor de 17 anos apreendido. Depois verificamos que o segundo acusado estava fantasiado de idoso, a roupa foi encontrada no estacionamento", detalhou.

A profissional afirma que o crime chamou a atenção da PM por não ser comum na Grande Vitória. "Não é comum esse tipo de ocorrência, de pessoas fantasiadas. Acredito que devido às câmeras no local, os criminosos sabendo do videomonitoramento, fizeram dessa forma para que fosse mais difícil da polícia identificá-los", completou.

"Na loja, o homem disfarçado pediu cordão de ouro, demonstrava estar armado, mas não fez refém e nem apontou arma. Graças à movimentação, ele fugiu sem levar nada. Com a ação rápida dos seguranças e da PM, eles não tiveram êxito no roubo e não conseguiram levar nada", concluiu a major.

Máscara utilizada pelo suspeito em shopping de Vila Velha. Crédito: Divulgação | Polícia Militar
Máscara utilizada pelo suspeito em shopping de Vila Velha. Crédito: Divulgação | Polícia Militar

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.