ASSINE

Polícia investiga denúncia de agressão a cães e morador de rua em Vitória

Segundo foi relatado em boletim de ocorrência, homens encapuzados agrediram as vítimas na Praia do Canto, em uma ação com a participação possivelmente da Guarda Municipal de Vitória

Vitória
Publicado em 11/06/2021 às 16h37
Rua Joaquim Lírio, na Praia do Canto, em Vitória, onde agressão aos cães de rua teria acontecido
Rua Joaquim Lírio, na Praia do Canto, em Vitória, onde agressão aos cães de rua teria acontecido. Crédito: Google | Street View

A Polícia Civil vai investigar uma ocorrência registrada como maus-tratos a quatro cães de rua recém-operados na Praia do Canto, em Vitória. Segundo foi relatado em boletim de ocorrência, registrado pelo marido de uma cuidadora e ativista das causas animais do bairro, os cães  e o dono deles, um morador de rua, teriam sido agredidos por homens encapuzados, na noite de quarta-feira (9).

A dona dos animais é uma moradora de rua. Ela relatou que, "em uma ação, aparentemente com a participação da Guarda Municipal de Vitória, um veículo com carroceria e outras pessoas, algumas delas encapuzadas, teriam chegado aterrorizando e de forma agressiva". Ela e o companheiro, que já estavam deitados para dormir, afirmam que foram acordados de forma agressiva.

"Os homens teriam tirado o cobertor que protegia os animais e passaram a agredir o marido da moradora de rua. Eles só pararam a agressão após perceber que os quatro cães de rua estavam em repouso após cirurgia de castração", diz o boletim de ocorrência. A reportagem de A Gazeta questionou a Prefeitura Municipal de Vitória (PMV) sobre o assunto.

Nesta sexta-feira (11), a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), informou, por meio do Centro de Vigilância em Saúde Animal (CVSA), que os animais realmente pertencem a um casal em situação de rua, e disse, em nota, que os cães foram atendidos pelas equipes conforme os critérios e condutas médicas veterinárias. "Após restabelecimento cirúrgico, os animais foram entregues aos donos", diz a nota.

A reportagem de A Gazeta citou a denúncia, questionou o que houve de fato no local e sobre a conduta dos servidores que teriam agredido os cães e o morador de rua. A Semus, então, respondeu: "Nesta quinta-feira (10), a equipe retornou ao local para prestar atendimento pós-cirúrgico. Os animais foram medicados com anti-inflamatórios. Foi constatado que os mesmos se encontram em condições normais de saúde, sem indício de agressão", completou. A Prefeitura de Vitória não respondeu sobre o estado do homem agredido nem sobre a suposta participação da Guarda Municipal na agressão.

Em nota, a Polícia Civil informou que o boletim de ocorrência foi registrado no 3º Distrito Policial de Vitória. "O procedimento será encaminhado para a Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), que trabalhará para que os suspeitos sejam identificados e responsabilizados", concluiu.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Polícia Civil Praia do Canto Prefeitura de Vitória Vitória (ES) cachorro guarda municipal Maus tratos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.