ASSINE

Pedestre morre atropelado por van na ES 456 em Aracruz

Vítima caminhava no canto da estrada, que não possui acostamento e iluminação no trecho; motorista prestou depoimento e foi liberado pela polícia

Linhares
Publicado em 12/04/2022 às 11h35
Local do acidente, na rodovia ES 456, em Aracruz
A ES 456 liga a sede de Aracruz até a orla do município, passando por localidades indígenas. Crédito: Divulgação/PMES

Um homem morreu atropelado por uma van na noite de segunda-feira (11) na rodovia ES 456, em Aracruz, no Norte do Espírito Santo. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava caminhando às margens da pista quando foi atingida pelo veículo. O local do acidente é escuro, não possui iluminação e acostamento.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel Único (Samu) realizaram os primeiros socorros ao pedestre e tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu. Outro homem acompanhava a vítima, mas outro lado da estrada estadual e não se feriu.

Após permanecer no local do acidente, o motorista prestou depoimento na delegacia e depois foi liberado. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Infrações Penais e Outros (Dipo) de Aracruz. O homem que morreu estava sem documentos e ainda não foi identificado. O corpo foi no Serviço Médico Legal (SML) de Linhares.

A reportagem também acionou o Departamento de Edificações e Rodovias (DER-ES) para questionar a situação da estrada. Assim que a resposta for obtida, ela será acrescentada ao texto.

Com informações do repórter Eduardo Dias, da TV Gazeta Norte

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.