ASSINE

Mulher é presa suspeita de maus-tratos contra cadela em Cachoeiro

Mulher de 29 anos foi presa em flagrante nesta quarta-feira (24). Cadela foi encontrada amarrada e muito magra. Animal foi resgatado para centro de zoonozes do município

Publicado em 24/06/2021 às 18h35
Cadela é resgatada após denuncia de maus tratos
Cadela é resgatada após denuncia de maus tratos. Crédito: Divulgação/ PC

Uma mulher de 29 anos, que não teve o nome revelado pela Polícia Civil, foi presa em flagrante, na manhã desta quinta-feira (24), suspeita de ser a autora do crime de maus-tratos contra uma cadela. O animal foi encontrado amarrado e desnutrido, no bairro Elpídio Volpini, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo.

Segundo a Polícia Civil, a equipe da Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de Cachoeiro de Itapemirim recebeu uma denúncia e realizou diligências para confirmá-la.

“Chegamos ao local e visualizamos o cão em situação de maus-tratos. Dessa forma, chamamos a dona do animal e demos voz de prisão a ela, que não assumiu a autoria do crime, dizendo que não o estava maltratando. De acordo com vizinhos, o cão está há um mês nesta situação”, contou o titular da DIPO de Cachoeiro de Itapemirim, delegado Rafael Antun.

Após realizar a prisão, a equipe fez contato com o Centro de Zoonoses, que enviou ao local uma veterinária. A profissional constatou a situação em que o cão se encontrava e o encaminhou para exames e tratamento adequados.

“O cão foi entregue ao Centro de Zoonoses, onde está recebendo o tratamento adequado de profissionais capacitados e, somente após se recuperar, poderá ser adotado. No momento não tem condições de adoção pelo seu estado debilitado”, relatou o delegado Rafael Antun.

O delegado ainda ressaltou que a DIPO de Cachoeiro de Itapemirim repudia todo e qualquer crime de maus-tratos a animais e solicita à população que, tendo conhecimento de tais crimes, entre em contato com a DIPO do município ou que denuncie o caso via 181, sendo o anonimato garantido.

A mulher foi encaminhada à 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim. Ela foi autuada em flagrante pelo crime de maus-tratos a um cão. Ela será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.