ASSINE

Mulher é encontrada morta com fio no pescoço em Conceição da Barra

O suspeito do crime foi detido no local onde estava o corpo da vítima após ser agredido por cerca de 20 pessoas e levado para a delegacia do município

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 16/07/2021 às 16h57
Delegacia Regional de São Mateus
O caso é investigado na Delegacia Regional de São Mateus. Crédito: TV Gazeta Norte

Uma mulher foi encontrada morta com um fio de telefone amarrado ao pescoço em um mangue de Conceição da Barra, no Norte do Espírito Santo, na manhã desta sexta-feira (16). A vítima estava pendurada em uma árvore.

Segundo a Polícia Militar, quando a equipe chegou ao local encontrou o suspeito do crime sendo agredido por cerca de 20 pessoas. Elas gritavam que ele havia matado a vítima, que já estava morta no mangue, no bairro Santo Antônio.

A polícia afirmou ainda que o marido da vítima esteve no local e relatou que, na noite desta quinta-feira (15), o suspeito de ter cometido o crime e outro homem foram até a sua casa e jogaram um rojão na residência e o agrediram com um pedaço de madeira, fugindo em seguida.

O marido da mulher contou ainda que voltou para casa no fim da madrugada e não encontrou sua esposa. Ao sair para procurá-la, soube que ela estava morta no mangue. O suspeito do crime foi socorrido por uma ambulância local e, após receber atendimento médico no Hospital Estadual Roberto Silvares, foi encaminhado para a Delegacia de São Mateus.

Em nota, a Polícia Civil informou que o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado. Ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Mateus. O caso seguirá sob investigação da Delegacia de Polícia de Conceição da Barra.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser liberado para os familiares e para ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.