> >
Empresário e gerente são detidos por furto de energia em Marataízes

Empresário e gerente são detidos por furto de energia em Marataízes

Crime foi descoberto em empresa de fabricação de gelo, na manhã desta quinta-feira (01)

Publicado em 1 de março de 2018 às 21:40

Ícone - Tempo de Leitura 0min de leitura

Um empresário, dono de uma fábrica de gelo, e um gerente foram presos na tarde desta quinta-feira (01) em Marataízes, no Litoral Sul do Estado, após ser encontrado um furto de energia elétrica no local. O crime foi descoberto por uma equipe da concessionária de energia, a EDP, e agentes da Polícia Civil. Os suspeitos negaram a fraude no medidor.

Segundo o delegado de plantão de Itapemirim, Thiago Gomes Viana, o serviço de inteligência da concessionária desconfiou da empresa por conta da queda brusca do consumo de energia durante o verão. No local, os agentes descobriram o crime em um dos três medidores de energia da empresa. “Um dos medidores estava em nome do gerente, o outro, em nome do dono e um outro, em nome da esposa do proprietário”, afirmou.

Os suspeitos, ambos com 45 anos, negaram o crime. “O dono disse que o medidor não era dele e, sim da mulher, que não foi localizada. Contou que um eletricista teria ofertado um relógio que economizaria energia e realizou o serviço. Ele afirma que pagou três parcelas de R$ 300 para o serviço”, contou.

Após serem ouvidos, foram presos pelo crime de furto qualificado, que tem pena prevista de quatro a oito anos. Eles foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Marataízes.

Este vídeo pode te interessar

 

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais