ASSINE

Detento do ES que fugiu da prisão e deixou recado em inglês segue foragido

Vestido com uniforme igual ao de agentes, Osvaldo Marinho Barreto saiu pela porta da frente de uma penitenciária de Vila Velha em 2017. Ele deixou um recado na lousa da biblioteca da penitenciária

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 17/03/2021 às 15h56
Osvaldo Marinho Barreto fugiu do Complexo de Xuri, em novembro de 2017. Crédito: Divulgação
Osvaldo Marinho Barreto fugiu do Complexo de Xuri, em novembro de 2017. Crédito: Divulgação

Já faz mais de três anos que os capixabas leram uma história difícil de acreditar: um detento vestido com uniforme igual ao de agentes penitenciários conseguiu sair pela porta da frente de um presídio de Vila Velha — e ainda deixou um recado em inglês para os colegas que continuariam atrás das grades.

Digna de longas hollywoodianos, a fuga aconteceu no dia 2 de novembro de 2017, na Penitenciária Estadual de Vila Velha III, que faz parte do Complexo de Xuri, um dos principais do Espírito Santo. Quem conseguiu escapar foi Osvaldo Marinho Barreto, que segue foragido desde então.

Preso foge e deixa recado em inglês
Antes de fugir, o detento deixou um recado em inglês. Abaixo você pode ler a mensagem, em tradução livre. Crédito: Reprodução

Responsável pelo sistema prisional, a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) garantiu que realizou buscas para tentar recapturar o detento. "O fato também foi comunicado ao Poder Judiciário e às forças de segurança do Estado a fim de aumentar as chances de recaptura", afirmou em nota.

AJUDA DE UM AGENTE

Na época em que tudo aconteceu, a Sejus adiantou que o caso seria apurado pela Corregedoria. Depois de cerca de um ano, a secretaria informou que a procuradoria havia instaurado um procedimento administrativo para avaliar a conduta de um servidor que teria participado da fuga de Osvaldo.

Até esta quarta-feira (17), mais de três anos depois da fuga, o processo ainda não foi concluído. "Os fatos apurados resultaram na indicação da suspensão do servidor por 20 dias, mas ele apresentou um recurso e o processo segue em tramitação", afirmou a pasta.

Atualmente, o servidor suspeito de ajudar na fuga do detento continua trabalhando na mesma função, mas em uma unidade prisional do Complexo de Viana. "Não iremos detalhar informações sobre o incidente, por motivos de segurança", alegou a Sejus.

O RECADO

Preso em 11 de março de 2016 por ter falsificado documento público (Artigo 297 do Código Penal), Osvaldo Marinho Barreto deixou um recado para os colegas que continuariam detidos. A mensagem foi escrita na lousa da biblioteca da penitenciária, em inglês. Veja o que dizia (tradução livre):

"Oi, amigos. Peço desculpas por ter de fazer isso, mas não teve outro jeito. Desejo o melhor para a vida de vocês. Eu nunca vou esquecer vocês. Agora, vocês fazem parte da minha família. Vocês continuarão sendo lembrados nas minhas orações, todos os dias. Com amor, Osvaldo."

O QUE DIZ A SEJUS SOBRE A SEGURANÇA

Responsável pelas 35 unidades prisionais do Estado, a Sejus ressaltou que procedimentos de segurança são realizados diariamente a fim de impedir a comunicação ilícita de presos e que revistas de rotina nas celas também são feitas rotineiramente com o intuito de coibir qualquer material ilícito.

Ainda por meio de nota, a Secretaria Estadual de Justiça afirmou que conta com uma "Diretoria de Inteligência Prisional, que contribui com informações para as investigações das autoridades policiais no enfrentamento à criminalidade e para as recapturas de internos".

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Sejus Vila Velha Vila Velha Que fim levou complexo prisional de xuri foragidos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.