ASSINE

Major Charles Souza, ex-comandante de grupo especial da PMES, morre aos 48 anos

O oficial atuou em serviços operacionais, administrativos e de instrução; ele foi comandante da Companhia Independente de Missões Especiais (CIMEsp). A causa da morte não foi divulgada

Publicado em 29/04/2021 às 11h03
Major Charles Souza da Silva, de 48 anos, morreu na úli
Major Charles Souza da Silva, de 48 anos, morreu na última quarta-feira (28). Crédito: Reprodução | Polícia Militar

O major Charles Souza da Silva, da Polícia Militar, morreu na manhã da última quarta-feira (28) aos 48 anos. Segundo a PM, o oficial ingressou no órgão em março de 1996, e cumpriu 25 anos na corporação. O major Charles atuou em serviços operacionais, administrativos e de instrução. A corporação não divulgou a causa da morte.

A PM ressalta que ele também trabalhou vários anos na Unidade de Operações Especiais, sendo, inclusive, comandante da Companhia Independente de Missões Especiais (CIMEsp). Major Charles também foi instrutor de diversos cursos, como os de negociação, tiro defensivo, ações táticas especiais e outros na Academia da PM.

A corporação ressalta ainda que o oficial contribuiu com afinco na renovação bélica da Polícia Militar ao integrar, em 2006, o grupo especial para aquisição de armamentos da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

"Uma trajetória profissional exemplar, cumprindo com esmero e dedicação todas as missões recebidas. Nunca se eximiu de suas responsabilidades quando do chamamento. Sua ficha funcional era o seu cartão de apresentação com elogios diversos e extensa produtividade institucional", elogiou a PM.

O corpo do major Charles foi encaminhado ao Quartel do Comando-Geral da PMES, onde aconteceu o velório, no Ginásio de Esportes, pelo período da tarde da última quarta-feira (28). O sepultamento estava previsto para ocorrer na manhã desta quinta-feira (29), no Cemitério Jardim da Paz, na Serra.

"Sentimo-nos consternados por essa grande perda e nos compadecemos junto aos seus familiares nesse momento de tamanha dor, rogando a Deus que conforte nossos corações em luto", finalizou a corporação em uma nota de pesar.

Espírito Santo Polícia Militar espírito santo Obituário

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.