ASSINE

Vídeo mostra meteoro brilhante cruzando o céu do ES

Fenômeno foi registrado por volta das 22h desta quarta-feira (18); detrito espacial estava na direção do alto-mar e brilhava intensamente

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 19/05/2022 às 16h05

Nem mesmo a lua conseguiu ofuscar o brilho de um meteoro que cruzou o céu do Espírito Santo na noite desta quarta-feira (18). O vídeo acima mostra que o fenômeno ficou visível por apenas um segundo, às 22h02 — tempo curto, mas suficiente para encantar. As imagens foram capturadas por uma câmera instalada em Vila Velha e divulgadas pelo Exoss, que monitora meteoros em colaboração com o Observatório Nacional.

Coordenador-geral do projeto, o astrônomo Marcelo de Cicco revelou que o meteoro estava entre 80 e 100 km de altura e seguia em direção ao alto-mar. "Embora essa fosse a direção, não dá para saber se ele caiu na água, porque pode ter se desintegrado antes de tocar o oceano", explicou.

Marcelo de Cicco

Astrônomo e coordenador-geral do Exoss

"Trata-se de um meteoro muito brilhante, porque tem a lua atrapalhando a visibilidade. Se o céu estivesse mais escuro, o brilho seria ainda mais forte na imagem"

Apesar de chamar a atenção, o especialista esclareceu que esse tipo de fenômeno é bastante frequente. "A atmosfera terrestre recebe entre 60 e 100 toneladas de detritos de poeira espacial por dia. Meteoros são justamente um desses que acaba entrando, tendo origem normalmente em cometas."

No entanto, o que é considerado "muito raro" é que os meteoros atinjam o chão. "Cientificamente eles são bem importantes, porque são restos de asteroide que sobrevivem à entrada na atmosfera e, por meio deles, conseguimos acesso a algo que é difícil e demorado de alcançar", disse.

Marcelo de Cicco

Astrônomo e coordenador-geral do Exoss

"O brilho vem do atrito do detrito com os gases da atmosfera terrestre. Devido à alta velocidade (de milhares de km/h), a energia cinética dele é convertida em luz"

Outra curiosidade revelada por Marcelo se dá sobre o tamanho médio desses meteoros. Quanto você acha que eles medem? Uns dez centímetros? Nada! "O detrito é pouco maior que um grão de feijão, é uma pedrinha pequena. Ele tem esse alto brilho porque é muita energia envolvida", esclareceu.

Dono da câmera que fez o registro, o autônomo Danilo Zan comentou que teve a sorte de ver o fenômeno ao vivo, enquanto a câmera de segurança gravava. "Essa passagem eu vi na hora. Depois, voltei a gravação e assisti para ter certeza que era um astro. Eu agradeço a Deus por ver essas maravilhas", disse.

Admirador da astronomia e de outros eventos naturais, ele contou que o equipamento fica em uma propriedade particular na Praia da Costa e grava praticamente 24 horas por dia. "Algumas vezes, eu fico vendo a gravação para ver se teve algum fenômeno desse tipo", revelou.

COMO COLABORAR

Sem fins lucrativos, o projeto Exposs conta com diversos colaboradores espalhados pelo país. Quem tiver foto ou vídeo de um meteoro, ou registrar um brilho diferente cruzando o céu pode colaborar por meio do site oficial, seguindo o passo-a-passo. A equipe fará o contato assim que possível.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.