ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Vídeo: enxurrada em ruas de São Mateus impressiona

Moradores relatam preocupação com segurança devido à situação do local. Obras para solucionar problemas causados por chuva anterior tiveram início na segunda

Vitória
Publicado em 11/11/2021 às 13h18
Chuva impacta região central de São Mateus
Chuva impacta região central de São Mateus. Crédito: Raphael Verly/TV Gazeta

Após a intensa chuva na noite de quarta-feira (10), três ruas do Centro de São Mateus, no Norte do Espírito Santo, foram atingidas por uma enxurrada de água. Um morador registrou a força da natureza agindo. As ruas passavam por obras, por conta de uma chuva anterior, e sofreram novos impactos.

No primeiro vídeo, imagens da enxurrada na última noite. No segundo, como está a rua nesta manhã. 

Enxurrada piora situação de ruas em São Mateus

Situação da rua na manhã desta quinta

No último dia 2, a chuva causou estragos no local, um cruzamento entre a Avenida Mateus Cunha Fundão e as ruas Coronel Mateus Cunha e Hélio Orlandi. O asfalto cedeu e a prefeitura do município iniciou obras na segunda-feira (8) para a troca de manilhas. Com a chuva desta quarta, a situação piorou.

A vendedora ambulante Maria Aparecida Alves Pereira trabalha na região, perto do Mercado Municipal, relata a preocupação com a estrutura de edificações próximas. “Ficou pior. Fizeram uma obra, colocaram manilhas grandes em um ponto da rua e continuam as mesmas manilhas pequenas aqui. Isso compromete a segurança dos prédios. O mercado pode desabar. Todo mundo está prejudicado”, disse Maria Aparecida à TV Gazeta.

Chuva impacta região central de São Mateus
Chuva impacta região central de São Mateus. Crédito: Rosi Bredofw

A aposentada Balbina Correia relatou que a casa dela foi comprometida e tem medo de a água chegar até a porta dela. “Ontem a água veio quase no meu quintal. A gente pede socorro e não é de agora. Esse buraco já estava aqui, mas vai abrindo mais ainda por causa da chuva. Quando a chuva vem, ninguém faz nada. Minha sala está toda quebrada. Eu estou com medo, acredito que a água vai vir na minha porta”, afirmou a moradora à TV Gazeta.

As obras estão previstas para serem retomadas na próxima terça-feira (16).

Rua em obra antes da chuva
Rua em obra antes da última chuva. Crédito: Divulgação/Prefeitura de São Mateus

O QUE DIZ A PREFEITURA 

"As obras começaram na última segunda-feira (08/11). A secretaria municipal de obras necessitava da presença de representantes da Petrobrás e do Saae, porque no trecho passam tubulações de gás e também de esgoto. Nesta primeira fase a equipe de engenharia identificou que as caixas de passagem da água pluvial estavam entupidas. Foi feita a desobstrução, e está sendo feita a substituição de manilhas num trecho de aproximadamente 20 metros, entre as caixas 1 e 2, porque as mesmas não suportam o volume de água da chuva.

As manilhas que hoje são de 400 mm, serão substituídas por outras de 1.500 mm. Outras duas caixas de passagem da água começarão a ser construídas até a próxima sexta-feira, e devem ficar prontas até quarta-feira dia 17, e ainda será preciso esperar de 15 a 20 dias para cura dessas caixas. Após esse período será feito o reparo do calçamento, e somente parte da avenida deverá ser liberada para trânsito, o que deve ocorrer dentro dos próximos 30 dias, caso não chova.

Na sequência, a equipe técnica iniciará um trabalho de investigação do outro trecho (esquina da Casa Baldo até a outra esquina) para avaliar qual medida poderá ser tomada, se a troca de manilhas por outras maiores, ou a duplicação das manilhas para dar vazamento à água da chuva.

Porém, essas obras são para diminuir os problemas causados pela chuva naquela região. Para solução definitiva, o trabalho demanda tempo e verba externa. Será necessário substituir todo o manilhamento por galerias num trecho de mais de 500 metros.

O secretário de Obras, Infraestrutura e transporte, João Adir Scardini, informou que um projeto de galerias já está sendo elaborado. Assim que o mesmo estiver pronto, o município irá pleitear recursos junto aos governos Estadual e Federal, para que a obra possa ser realizada."

CHUVA EM SÃO MATEUS

De acordo com o Boletim da Defesa Civil do Estado da manhã desta quinta, o município registrou o terceiro maior índice de chuva nas últimas 24 horas no Estado, com 85 mm, volume esperado para o mês inteiro. Possui ainda risco moderado para movimentação de massa.

Segundo a prefeitura, quatro famílias precisaram deixar suas casas no bairro Vila Verde. Duas desabrigadas e duas desalojadas. Ao todo, 14 pessoas estão nesta situação, até o momento.

Em nota, a prefeitura informou que está mapeando os pontos de risco e orientando as famílias a deixarem o local através da Defesa Civil Municipal. “Até agora foram registrados 12 pontos onde a chuva causou estragos. As equipes trabalham para os reparos”, diz parte do posicionamento.

O ponto considerado de maior risco é a Ladeira do Besouro, via que liga o Centro à Avenida Cricaré, onde há uma rachadura há anos. Ela foi interditada. Houve ainda o registro de um rompimento de barranco na rodovia ES 381, que dá acesso à Nova Venécia, ainda durante a noite de quarta. A estrada já foi desobstruída.

Com informações de Rosi Bredofw, da TV Gazeta Norte

A Gazeta integra o

Saiba mais
Chuva no ES São Mateus são mateus

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.