ASSINE

Vacinação da Covid-19: como vai funcionar plataforma de agendamento no ES

Expectativa é que a homologação do novo sistema aconteça nas próximas duas semanas; todos os municípios poderão aderir à ferramenta

Publicado em 07/06/2021 às 16h56
De acordo com a prefeitura, a ampliação da faixa etária se dá de acordo com a disponibilidade de vacinas no município. No total, haverá 2.720 doses disponíveis para o agendamento
Independentemente de terem agendamento on-line, os municípios poderão aderir à nova ferramenta da Sesa. Crédito: Márcia Leal | PMCI

Espírito Santo terá uma nova plataforma que permitirá que todos os municípios capixabas façam agendamento on-line das vacinas contra a Covid-19. Os testes e treinamentos de uso já começam nos próximos dias, e a expectativa é que a ferramenta seja homologada nas próximas duas semanas.

As informações foram divulgadas na tarde desta segunda-feira (7), durante uma coletiva virtual realizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Além do agendamento, a página registrará o estoque dos imunizantes e a quantidade de doses aplicadas no Estado, de maneira mais rápida.

Nésio Fernandes

Secretário de Saúde do Espírito Santo

"Estamos implementando uma plataforma de agendamento on-line para 100% dos municípios capixabas, que poderão aderir a essa ferramenta. Aqueles que já têm uma plataforma poderão migrar para essa nova solução"

De acordo com o secretário Nésio Fernandes, o novo sistema permitirá "um cruzamento de dados mais fino e uma transparência com maior grau de fidedignidade". A plataforma será atualizada diariamente, assim como ocorre com o Painel Covid-19, em relação a casos e óbitos, por exemplo.

Subsecretário estadual de vigilância em saúde, Luiz Carlos Reblin explicou que a base de informação será a mesma já utilizada. "O município registra a dose, o dado vai para uma central do Estado, que gera para o nível nacional. O que estamos fazendo é antecipar e colocar à disposição da sociedade."

Luiz Carlos Reblin

Subsecretário de vigilância em saúde do Espírito Santo

"É um sistema de agendamento para a vacina de maneira uniforme em todo o Espírito Santo e um sistema integrado de registro da dose aplicada. A tendência é uma informação muito mais próxima do momento em que a vacina é aplicada"

A plataforma – já integrada ao Ministério da Saúde – foi desenvolvida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês) e a gerência da Sesa.

A fim de apresentar a nova ferramenta à sociedade e esclarecer possíveis dúvidas, o secretário Nésio Fernandes adiantou que haverá uma coletiva específica sobre o assunto, assim que a página estiver pronta para implementação. As datas da entrevista e da liberação do uso não foram divulgadas.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo nesio fernandes Pandemia Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.