ASSINE

Mesmo em risco moderado, Ibiraçu endurece medidas contra a Covid-19

Decreto municipal válido por sete dias proíbe a permanência em praças e locais públicos, além de  música em bares e restaurantes

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 28/05/2021 às 20h23
Aumento de casos faz prefeitura endurecer medidas contra Covid-19 em Ibiraçu
Aumento de casos faz prefeitura endurecer medidas contra Covid-19 em Ibiraçu . Crédito: TV Gazeta Norte / Reprodução

O aumento no número de casos da Covid-19 em Ibiraçu, no Norte do Espírito Santo, fez com que a prefeitura estabelecesse medidas duras no combate ao vírus. Nesta sexta-feira (28), o prefeito Diego Krentz (PP) assinou um decreto municipal proibindo a permanência em praças e locais públicos, além de música em bares e restaurantes.

Algumas determinações são ainda mais restritivas que as impostas pelo mapeamento de risco do governo do Estado, onde Ibiraçu aparece em risco moderado de contaminação. Nos últimos dias o município registrou um aumento expressivo no número de casos da doença.

De acordo com dados do Painel Covid-19, mantido pelo governo do ES, a cidade registrou 18 novos casos na segunda semana do mês de maio, saltando para 37 na semana passada. Essa semana já são 44 novas confirmações da doença.  Desde o início da pandemia, Ibiraçu tem 1.579 casos confirmados desde o início da pandemia e 31 mortes.

MEDIDAS RESTRITIVAS 

De acordo com o decreto, fica proibida a utilização de música ao vivo ou mecânica por bares, restaurantes, cafeterias, lanchonetes, lojas de conveniência e casas de festas.

Além disso, o documento proíbe a utilização de praças, parques, jardins públicos, campos e quadras públicas de esportes e outros equivalentes. Também fica proibida a realização de atividades físicas coletivas nas áreas e vias públicas.

As determinações começam a valer já nesta sexta-feira e terão validade de sete dias. A administração municipal reforçou que o não cumprimentos das disposições pode resultar em multa. O Executivo também disponibilizou um telefone para denúncias de aglomerações e descumprimento das medidas: (27) 99506-9325.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.