ASSINE

ES tem excesso de doses da Pfizer e quer vacinar até turistas

Os municípios foram orientados pela Secretaria de Estado da Saúde no último dia 23 a imunizar turistas durante período de festas de fim de ano e do verão. Espírito Santo já recebeu 3,3 milhões de unidades do imunizante

Tempo de leitura: 3min
Vitória
Publicado em 28/12/2021 às 09h47
Vacina Pfizer-BioNTech
A Sesa autorizou que municípios usem doses da Pfizer para vacinar turistas no ES. Crédito: Carlos Alberto Silva

Espírito Santo possui um excedente de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 e, por isso, a Secretaria da Saúde de Estado (Sesa) orientou que os municípios se preparem para imunizar tanto capixabas quanto turistas durante o período de festas de fim de ano, do verão e do carnaval. Conforme informado pela pasta, o ofício com a orientação foi enviado às cidades do Estado na última sexta-feira (23).

A Sesa explicou que já recebeu 3,3 milhões de unidades do imunizante da Pfizer desde que a distribuição começou a ser feita pelo Ministério da Saúde. Atualmente, ainda de acordo com a secretaria, 65.244 mil doses estão armazenadas em temperaturas ultrabaixas na Central de Rede de Frio para serem distribuídas aos municípios.

Outras 327.960 já foram separadas em freezers com temperaturas positivas para serem enviadas às centrais regionais e municipais de saúde.

As vacinas da Pfizer, como detalhou a Sesa, possuem armazenamento especial em freezers de ultrabaixa temperatura que podem chegar a -80ºC, com validade de seis meses quando estocadas nestes equipamentos. Depois de descongeladas, as doses possuem ainda um prazo de vencimento de 31 dias em temperaturas positivas que variam de 2ºC a 8ºC.

Por conta do excedente de vacinas, a Sesa comunicou também que pediu, no dia 12 de dezembro, o adiamento do envio de novas remessas pelo Ministério da Saúde. A pasta argumentou que a solicitação aconteceu por conta da diminuição da demanda nos dias anteriores ao pedido e pelo estoque disponível nos municípios. O Estado voltou a receber novas doses na semana seguinte, segundo a secretaria.

REFORÇO COM DOSES DA PFIZER

A Sesa ressalta que a vacina Pfizer está sendo utilizada tanto em esquemas de vacinação heterólogos, quanto homólogos, tais como: 

  • D2 da população acima de 18 anos que recebeu a AstraZeneca ou Pfizer na D1
  • D1 e D2 de adolescentes de 12 a 17 anos de idade
  • reforço preferencial das pessoas acima de 18 anos de idade
  • no reforço de gestantes e puérperas

A utilização do sistema homólogo na aplicação da dose de reforço contra a Covid-19, ou seja, aplicação de uma terceira dose da mesma fabricante das iniciais, foi autorizado no Espírito Santo em uma resolução da Sesa publicada no último dia 17. 

Resolução permite esquema homólogo de vacinação contra a Covid-19 no ES

O esquema homólogo para 3ª dose foi permitido em resolução divulgada pela Sesa no último dia 17; exceção é para grávidas e puérperas, que deverão receber Pfizer no reforço

Conforme a resolução da Sesa, caso haja a recusa pela utilização de um imunizante diferente na aplicação da terceira dose da vacina, poderá ser administrada uma vacina do mesmo fabricante da primeira e segunda doses. A exceção, como consta no documento, são grávidas e puérperas, que deverão receber o reforço somente com a Comirnaty, vacina produzida pela Pfizer.

A resolução ressalta, no entanto, que a preferência deve ser adotar o esquema vacinal heterólogo, ou seja, com vacinas diferentes na dose de reforço em relação a primeira e segunda doses.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.