ASSINE

De 964 leitos de UTI para Covid-19 no ES, apenas 54 estão disponíveis

Apesar da ampliação frequente da oferta de vagas de terapia intensiva, a demanda é grande e a ocupação segue um ritmo mais acelerado

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 05/04/2021 às 21h10
Atualizado em 05/04/2021 às 21h10
Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra
No Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, referência em atendimento de Covid-19, restam apenas quatro vagas de UTI. Crédito: Fernando Madeira

Espírito Santo chegou a 964 leitos de UTI para atender pacientes com a Covid-19 nesta segunda-feira (5). Desses, apenas 54 estão disponíveis, ou seja, o equivalente a 94,4% de utilização. Apesar de abertura frequente de vagas pelo governo do Estado,  a ocupação segue em ritmo acelerado e, assim, a oferta nem sempre consegue compensar a alta demanda.

Os dados são do Painel de Ocupação de Leitos, ferramenta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), com atualização diária sobre a taxa de utilização das vagas nos hospitais. Atualmente, 18 unidades já alcançaram sua capacidade máxima de atendimento em terapia intensiva. Até o Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, que é referência estadual no atendimento a pacientes com a Covid-19, está próximo de seu limite de assistência, restando apenas quatro dos 258 leitos de UTI ofertados.

O levantamento revela que são 910 pacientes internados com um quadro mais grave, e que precisaram ser acomodados em UTI. Na última quinta-feira (1º), eram 874 pessoas nessas condições. Isso significa dizer que, em quatro dias, mais 36 infectados pelo coronavírus entraram na terapia intensiva. No mesmo intervalo, o Estado conseguiu abrir 37 vagas - 10 nesta segunda, no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus

A pressão maior está na Região Norte, onde 98,72% dos leitos de UTI estão ocupados. Na sequência, aparecem a Região Metropolitana, com 95,21%, o Sul, com 93, 67%, e, a Central, com 85,19%. A oferta é pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e as vagas estão distribuídas em hospitais da rede estadual, ou filantrópicos e privados com os quais a Sesa estabeleceu parceria. 

CONFIRA OS HOSPITAIS QUE JÁ ATINGIRAM 100% DA CAPACIDADE DE UTI PARA COVID

  1. HOSPITAL ESTADUAL ALCEU MELGAÇO FILHO
  2. HOSPITAL GERAL DE LINHARES 
  3. HOSPITAL RIO DOCE
  4. HOSPITAL MATERNIDADE SÍLVIO AVIDOS 
  5. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE COLATINA
  6. HOSPITAL ANTÔNIO BEZERRA DE FARIA
  7. HOSPITAL ESTADUAL CENTRAL - HEC 
  8. HOSPITAL ESTADUAL DE VILA VELHA
  9. HOSPITAL EVANGÉLICO DE VILA VELHA 
  10. HOSPITAL SÃO CAMILO 
  11. HOSPITAL VITÓRIA
  12. VILA VELHA HOSPITAL 
  13. HOSPITAL ESTADUAL SÃO JOSÉ DO CALÇADO
  14. HOSPITAL EVANGÉLICO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM
  15. HOSPITAL EVANGÉLICO DE ITAPEMIRIM
  16. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE CACHOEIRO DO ITAPEMIRIM
  17. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE CASTELO
  18. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GUAÇUI

Dos 54 leitos ainda disponíveis, a oferta está distribuída em todas as regiões do Estado, mas a regulação para a internação é feita pela Sesa. 

ONDE AINDA TEM VAGA

  1. ROBERTO SILVARES - 1
  2. CASA DE SAÚDE DE SANTA MARIA - 4 VAGAS
  3. HOSPITAL ESTADUAL DR. JOÃO DOS SANTOS NEVES - 6
  4. HOSPITAL MATERNIDADE SÃO JOSÉ - 2 VAGAS
  5. HOSPITAL ESTADUAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA - HEUE  - 5 VAGAS
  6. HOSPITAL ESTADUAL DÓRIO SILVA - 6 VAGAS
  7. HOSPITAL ESTADUAL DR. JAYME SANTOS NEVES - 4 VAGAS
  8. HOSPITAL INFANTIL NOSSA SENHORA DA GLÓRIA - 5 VAGAS
  9. HOSPITAL MADRE REGINA PROTMANN - 1 VAGA
  10. HOSPITAL SANTA MÔNICA - 3 VAGAS
  11. HOSPITAL SANTA RITA - 1 VAGA
  12. HOSPITAL CASSIANO ANTÔNIO DE MORAES (HUCAM) - 1 VAGA
  13. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE VITÓRIA - 5 VAGAS
  14. HOSPITAL INFANTIL FRANCISCO DE ASSIS - 10 VAGAS

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.