ASSINE

Crea-ES pede substituição de peças do teto do Terminal de Itaparica

Engenheiros apontaram que cones – parte que conecta as colunas ao teto e absorve a água da chuva – devem ser trocados ou ter reparo total

Publicado em 16/02/2021 às 09h27
Atualizado em 17/02/2021 às 07h59
Engenheiros e fiscais do CREA fizeram nova vistoria no Terminal de Itaparica na última segunda-feira
Engenheiros e fiscais do Crea-ES fizeram nova vistoria na última segunda-feira (15). Crédito: Divulgação/CREA

Após uma empresa dar início às obras de ajustes no Terminal de Itaparica, em Vila Velha, o Conselho Regional de Engenharia e Agricultura (Crea-ES) disse que será necessário o "reparo técnico total" ou até a substituição dos cones do teto da estrutura por outros modelos. A constatação foi feita após uma visita técnica na última segunda-feira (15).

Os cones são as peças que ligam as colunas do teto e o telhado, e são por eles que passam a água da chuva. No entanto, segundo o Departamento de Estradas e Rodagem do Espírito Santo (DER-ES), responsável pela construção, a empresa contratada não vedou corretamente esses pontos de passagem de água.

O Crea deve retornar ao terminal nesta terça-feira (16) para observar se houve novos problemas após as chuvas da última noite. Os fiscais e especialistas avaliaram as intervenções que estão sendo feitas em três furos nas membranas de lona do teto da construção e notou um quarto orifício no local. De acordo com o órgão, a empresa responsável pelos reparos atendeu a orientação do órgão para a instalação de protetores antichoque.

Terminal de Itaparica com pontos de alagamento após chuva
Terminal de Itaparica ficou com pontos de alagamento após chuva. Crédito: Fernando Madeira

PROBLEMAS APÓS DUAS SEMANAS DA INAUGURAÇÃO

Apenas duas semanas após a inauguração, o Terminal de Itaparica começou a apresentar problemas. A construção ficou repleta de poças d’água em diversas plataformas de embarque dos ônibus. Foram registradas goteiras e vazamento de água pelos cones das colunas que sustentam o teto.

Na época, o diretor-geral do DER-ES, Luiz César Maretto, disse que a empresa contratada errou durante a execução do projeto. “Não é para molhar. Não é para ter um pingo de água aqui dentro do terminal. A empresa vai ter que refazer exatamente como está no projeto”, afirmou Maretto.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vila Velha Vila Velha DER-ES Terminal de Itaparica

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.