ASSINE

Covid-19: as estratégias das prefeituras para aumentar a adesão à vacina

Estratégias vão desde mandar e-mail até ir à casa da pessoa  que não retornou para completar o seu esquema vacinal

Publicado em 06/07/2021 às 12h17
Moradores da localidade de Cachoeirinha, na zona rural de Cariacica, recebem vacinas contra a Covid-19 e gripe no Caminhão da Vacinação
Moradores da localidade de Cachoeirinha, na zona rural de Cariacica, recebem vacinas contra a Covid-19 e gripe no Caminhão da Vacinação. Crédito: Cláudio Postay / Prefeitura de Cariacica

Orientações de casa em casa, ampla divulgação nos canais oficiais, ligações para quem está com a segunda dose atrasada, além de diálogo com representantes das lideranças comunitárias. Essas são algumas estratégias utilizadas pelas prefeituras da Grande Vitória para aumentar a adesão da vacina contra a covid-19 e ampliar a cobertura vacinal do imunizante.

No município da Serra, os agentes de saúde não apenas ligam para os moradores, mas também, caso seja necessário, vão até a casa deles para comunicar sobre a necessidade de completar o esquema vacinal e tomar a segunda dose da vacina. As redes sociais e os aplicativos de conversa também são utilizados para ampliar a divulgação sobre a abertura de novos agendamentos e a importância de ser imunizado.

Segundo a prefeitura, além das Unidades de Saúde estarem equipadas com computador e internet para realizar o agendamento da pessoa caso ela não tenha condições de realizar sozinha, os servidores estão preparados para dar este auxílio aos moradores.

Outra forma de chegar aos moradores e estimular a adesão à vacina contra covid-19 na Serra é por meio do Conselho Local de Saúde, existente em toda Unidade de Saúde do município, e que conta com a participação de lideranças comunitárias da região onde atua.

CARIACICA

Em Cariacica, uma das estratégias utilizadas para ampliar a cobertura vacinal é a realização de ações para imunizar a população em situação de rua, moradores da zona rural e integrantes de acampamentos ciganos.

A Secretaria de Saúde do município também faz busca ativa pelas pessoas que estão com a segunda dose em atraso. Neste caso, as unidades básicas de saúde fazem contato por telefone com os usuários que são cadastrados, e a pasta também envia uma mensagem por e-mail, informando sobre a dose em atraso e avisando que o agendamento está aberto.

As famílias que não possuem internet ou que não estão familiarizadas com tecnologia também podem se dirigir até a unidade de saúde mais próxima do seu endereço para que um funcionário realize o seu agendamento. É preciso levar documentos pessoais para o agendamento.

VILA VELHA

O município canela-verde adota a estratégia de ampla divulgação nos canais oficiais de comunicação, além das orientações realizadas nas Unidades de Saúde ou de casa a casa nas regiões que contam com equipes de Estratégia de Saúde da Família. São elas: Barra do Jucu, Araças, Vila Nova, Terra Vermelha, Ibes, Ulisses Guimarães, Barramares, Jardim Colorado e Ponta da Fruta.

Ações em semáforos localizados em pontos estratégicos do município, distribuição de máscaras e álcool em gel, também alertam sobre a importância da vacinação a fim de ampliar a cobertura vacinal de Vila Velha.

VITÓRIA

Na capital, de acordo com Prefeitura, as estratégias adotadas para vacinar a população vão desde a imunização em 28 salas de vacinação das unidades de saúde, que, em alguns momentos atendem com horário estendido, à vacinação in loco nos hospitais e em domicílios para pessoas acamadas, além de postos volantes aos sábados e feriados.

Os agentes de saúde também realizam o cadastro e visita familiar, identificam as famílias de risco e informam à equipe da Unidade de Saúde. Durante as visitas domiciliares ou por telefone, os agentes de saúde comunicam aos moradores sobre a importância da vacinação.

Desta forma, os moradores que fazem parte do grupo prioritário e não tem acesso à internet, são imunizados independente do agendamento on-line, desde que tenha disponibilidade da vacina.

GUARAPARI

Em Guarapari, a Secretaria de Saúde realiza ações sem a necessidade de agendamentos para atender os moradores que não conseguem realizá-lo. O município aplicou a vacinação dos acamados em residências e tem realizado busca ativa para vacinação no interior e pessoas que ainda precisam do atendimento em casa.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Grande Vitória Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 Vacina Campanha de vacinação Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.