ASSINE

Chuva causa alagamentos em Afonso Cláudio e Rio Novo do Sul

Na zona rural de Afonso Cláudio, a água atingiu casas, estabelecimentos comerciais e até uma igreja da região. Rios encheram e ruas alagaram em Rio Novo do Sul nesta terça (7)

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 07/12/2021 às 17h12
Chuva causa alagamento nos municípios de Afonso Cláudio e Rio Novo do Sul
Afonso Cláudio foi uma das cidades atingidas pela chuva nesta terça-feira (7). Crédito: Redes sociais

A tarde desta terça-feira (7) foi marcada por chuvas intensas no Espírito Santo e, em Afonso Cláudio, na Região Serrana, ruas ficaram alagadas, e o rio encheu na cidade de Rio Novo do Sul, no Sul do Estado. Veja vídeo que mostra a situação nos municípios:

As primeiras imagens mostram tudo alagado na localidade de Fortaleza, na zona rural de Afonso Cláudio. Os registros, feitos pela moradora Elizabeth Rebuli, mostram que a água atingiu casas, estabelecimentos comerciais e até uma igreja da região.

A Defesa Civil de Afonso Cláudio informou que está com equipes nas ruas, junto a secretarias do município, para verificar a situação das pessoas em áreas de risco. Segundo o órgão, houve registro de casas ilhadas na zona rural devido aos córregos que transbordaram por causa da chuva.

De acordo com a Defesa Civil, na rua Esplanada, no bairro São Vicente, ocorreram dois deslizamentos de terra. Em um deles, quatro pessoas de uma mesma família foram desalojadas e, em outro, um morador foi desabrigado, já que parte de sua casa desabou. A residência foi interditada.

O órgão também contou que foram registradas quedas duas árvores em Afonso Cláudio: uma na ES-165 (que liga o município à BR-262), e outra na ES-484 (de acesso a Laranja da Terra). Em ambos casos, houve a interdição de parte da pista para limpeza da rodovia. Ainda segundo a Defesa Civil, na Rota Vale do Empoçado, um córrego transbordou e foi preciso interditar duas pontes na região para evitar acidentes.

RIO NOVO DO SUL

A segunda parte da gravação mostra em Rio Novo do Sul. De acordo com a Defesa Civil do município, dois rios ficaram bem cheios e algumas ruas alagaram na região, mas a água já baixou. “O Rio Mauá e o Rio Novo tiveram um volume de água muito grande. Dessa forma, os bueiros não aguentaram a pressão e isso fez as ruas alagarem”, explicou Efraim Contaefer, coordenador do órgão.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, secretarias da Prefeitura de Rio Novo do Sul estão realizando a limpeza de alguns locais afetados, e nenhuma ocorrência de acidente foi registrada até o momento.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.