ASSINE

Britney Spears diz que vivia com medo e era forçada pelo pai a trabalhar

Jornal americano teve acesso a documentos confidenciais da Justiça sobre tutela da cantora.

Publicado em 22/06/2021 às 17h46
Britney Spears durante evento em Los Angeles
Britney Spears durante evento em Los Angeles. Crédito: Mario Anzuoni/Reuters

Britney Spears, 39, expressou muito mais oposição à tutela legal sobre sua vida e suas finanças do que era sabido até agora. Segundo documentos confidenciais obtidos pelo New York Times, a cantora reclamou inúmeras vezes das restrições impostas pelo pai, James P. Spears, 68, e questionou a aptidão dele para administrar a carreira dela.

De acordo com as informações do jornal americano, a cantora reclamou na Justiça do controle que o pai impunha, escolhendo desde com quem ela namorava à cor dos armários da cozinha. "Ela afirmou que sente que a tutela se tornou uma ferramenta opressora e de controle sobre ela", escreveu um investigador em um relatório de 2016.

Ela também contou que o pai estava "obcecado" por ela e que não podia sequer fazer amigos sem a aprovação dele. Segundo ele, Britney disse que era "muito, muito" controlada pelos responsáveis e que gostaria de encerrar a tutela o mais rápido possível.

Britney Spears em apresentação no concerto iHeartRadio Jingle Ball no Staples Center, Los Angeles
Britney Spears em apresentação no concerto iHeartRadio Jingle Ball no Staples Center, Los Angeles . Crédito: Mario Anzuoni/Reuters

"Ela está 'cansada de ser explorada' e disse que é ela quem trabalha e ganha dinheiro, mas todos ao seu redor estão em sua folha de pagamento", diz o documento. Na época, ela disse receber uma mesada semanal de US$ 2.000 (cerca de R$ 10 mil), embora tivesse contratos milionários.

Ela afirmou também que, sob a tutela, ela vivia "com muito medo". Caso cometesse qualquer erro, as consequências eram "muito severas".

Além disso, em 2019, ela disse ter sido forçada a se internar em uma instituição psiquiátrica. E também contou que tinha que se apresentar contra a própria vontade.

Mesmo assim, o relatório recomendou a continuidade da tutela. O documento, no entanto, falava em abrir caminho para a independência no futuro.

Britney também questionou a aptidão do pai para cuidar da carreira dela e da fortuna de US$ 60 milhões (quase R$ 300 milhões). Em 2014, o advogado dela apresentou uma lista de queixas a respeito dele, entre as quais a alegação de que ele tinha problemas com o álcool.

Os representantes do pai de Britney não quiseram comentar o assunto ao jornal. Na quarta-feira (23), a cantora vai dar seu depoimento em um tribunal de Los Angeles a respeito do caso.

Considerada incapaz de cuidar de si própria, a cantora está sob tutela desde 2008, quando foi hospitalizada para um tratamento psiquiátrico. Isso ocorreu após um colapso amplamente repercutido pela imprensa.

Desde então, o pai e a equipe dela diziam que tudo estava funcionando bem e que a cantora era livre para pedir o fim da tutela, se assim o quisesse. Britney, por sua vez, manteve o silêncio e não fez manifestações públicas sobre o assunto.

Confira os principais acontecimentos da vida de Britney Spears

  • 1992 - Escalada para o programa de televisão ''The Mickey Mouse Club'' com Justin Timberlake, Christina Aguilera e Ryan Gosling.
  • 1997 – Assina um contrato de gravação com 15 anos.
  • 1998 – Lança o primeiro single, "... Baby One More Time", que lidera a parada Billboard Hot 100 durante duas semanas. No ano seguinte, seu disco de estreia homônimo lidera as paradas em 15 países.
  • 2000 – O segundo disco de estúdio, "Oops!... I Did It Again", bate recordes. Britney confirma estar namorando Justin Timberlake.
  • 2002 – Britney estrela seu primeiro filme, "Crossroads: Amigas para Sempre." Seu relacionamento com Timberlake termina.
  • 2004 – Casa-se com o amigo de infância Jason Alexander, e o casamento é anulado três dias depois. Nove meses mais tarde, casa-se com o dançarino Kevin Federline.
  • 2007 – Britney entra e sai de clínicas de desintoxicação duas vezes em questão de dias, raspa a cabeça e volta a se internar.
  • 2008 – A cantora é hospitalizada duas vezes na ala psiquiátrica e é sujeita a uma tutela por meio da qual seu pai e um advogado assumem o controle de seus assuntos pessoais e comerciais.
  • 2013 – Inicia um período de dois anos de apresentações em Las Vegas que é renovado por mais dois anos.
  • 2019 – Anuncia um "hiato de trabalho por tempo indeterminado e se interna em uma clínica de saúde mental.
  • Abril de 2021 – Por meio do advogado, Britney pede para se dirigir pessoalmente à corte encarregada de sua tutela.
  • 23 de junho de 2021 – Tem audiência virtual marcada com o tribunal.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Música Famosos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.