ASSINE

Vitória: 2ª "Noite Cubana" contará com cantor e percussionista da ilha caribenha

Médico radicado no ES há 7 anos, Oel Dulliep Lescaille será um dos convidados do evento, criado para homenagear o documentário "Buena Vista Social Club" (1999) e a música de Cuba

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 19/08/2021 às 02h00
Médico, cubano Oel Dulliep Lescaille também é cantor e percussionista
Médico, cubano Oel Dulliep Lescaille também é cantor e percussionista. Crédito: Oel Dulliep Lescaille/Acervo pessoal

Após o sucesso da primeira edição, o Bendito Bistrô, em Vitória, lança a segunda exibição do projeto "Noite Cubana" nesta quinta-feira (19), a partir das 20h, com um "tempero caribenho" a mais, a participação do cantor e instrumentista Oel Dulliep Lescaille, nascido em Cuba.  

Médico radicado no Espírito Santo desde 2014, Lescaille - que presta consultas em Viana - ficou apaixonado com a homenagem à cultura e a música de seu país, ao assistir a primeira noite do show.

O "doutor da música" - se me permitem brincar - não aguentou ficar somente na plateia e decidiu ingressar na banda comandada por Eugênio Goulart, idealizador do projeto, uma homenagem ao documentário "Buena Vista Social Club" (1999) e aos clássicos do cancioneiro cubano.

"Para mim, foi uma alegria enorme encontrar capixabas que gostam da música de minha pátria. O show foi muito bom e me ofereci para fazer parte, cantando e tocando percussão. Há um ano dou consultas em Viana e conheci o grupo que faz homenagens às músicas cubanas. Estou gostando muito dessa oportunidade. Tenho certeza que será um lindo show", responde Dr. Lescaille.

No repertório, de acordo com o cantor, clássicos conhecidos pelos fãs da música latina, como "Quantanamera", "Doa Gardenias" e "Murmullo", parte do repertório de artistas como Ibrahim Ferrer, Compay Segundo, Omara Portuondo e Carlos Santana. Só feras!

ESPAÇO

O Bendito Bistrô está se preparando para receber o evento. O deck do restaurante possui 68 cadeiras, sendo um espaço ao ar livre, bem arejado e com o distanciamento necessário entre as mesas, de aproximadamente 2m.

Haverá álcool em gel nas mesas e uso de máscara obrigatório, respeitando todos os protocolos sanitários em relação a Covid-19. A parte interna do Bendito possui mais 20 lugares, perfazendo 88 cadeiras para assentos. As máscaras só poderão ser retiradas na hora de consumir alimentos. 

Cena do documentário
Cena do documentário "Buena Vista Social Club", de Wim Wenders. Crédito: Divulgação/Europa Filmes

“O tributo surgiu em 2016, com a demanda de locais e festas com música latina. Sempre foi um desejo homenagear tanto o documentário quanto os cantores e cantoras da música cubana, sempre presente em nossas vidas, além de preservar e valorizar a música de base africana e caribenha da qual somos e fomos totalmente tocados e influenciados a ponto desses aspectos culturais serem inseridos na nossa cultura rítmica e musical, determinando assim nossa maneira de ser, de se expressar, dançar e cantar”, afirma o idealizador do projeto, Eugênio Goulart.

Além de Eugenio Goulart (voz e violão), integram o grupo Erikson Almeida, no violão de 12 cordas e no teclado, Mauro Angelo, no baixo acústico, Alexandre Araujo, no alaúde, e Beto Kastanha, na percussão.

NOITE CUBANA EM HOMENAGEM A "BUENA VISTA SOCIAL CLUB"

  • QUANDO: Quinta-feira (19), a partir das 20h
  • ONDE: Restaurante Bendito Bistrô. Rua Joaquim Lírio, 8, Praia do Canto, Vitória
  • INGRESSO: R$ 25, couvert artístico

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.