ASSINE

Vídeo: artista plástico do ES recria casa de infância em miniatura

Antonio Malta sentiu necessidade de representar uma memória de forma concretizada e conquistou apreciadores para sua obra.

Vitória
Publicado em 25/07/2021 às 13h00
Os dioramas representam com fidelidade o real e impressionam com a riqueza de detalhes
Os dioramas representam com fidelidade o real e impressionam com a riqueza de detalhes. Crédito: Imagens/TV Gazeta ES

Dentre as bagagens que são carregadas pela vida, é possível identificar aquela que remete aos lugares que se nasce e vive, marcada principalmente pela fase da infância. Como forma de recordar esse momento único e carregado de lembranças, o artista plástico Antonio Malta recriou a sua casa onde foi criado. Cheio de habilidades, a obra de arte chocou a todos com um detalhe essencial: é uma miniatura.

Antonio conta que sentiu um desejo no coração de trazer a memória de uma forma concretizada da casa que ele, os irmãos e os pais viveram. "Quando olho para essa casa, a coisa fica mais próxima de mim, sabe? Num lugar muito simples, mas cheio de Deus e de amor", relata Malta.

A casinha em 3D demorou 21 dias para ficar pronta, e Antonio utilizou todo tipo de material para fazê-la. "É a massa corrida, o gesso, o papelão, o palito de picolé, o que dá para você fazer", conta o artista plástico. Tudo isso faz parte de um trabalho delicado e minucioso.

Além da sua residência de criação, o artista foi mais além e fez outra casa que atinge a memória de muitas pessoas. A obra esculpida e pintada por Antonio ficou tão realista que é possível confundir se é ou não miniatura.

Os dioramas representam com fidelidade o real e impressionam com a riqueza de detalhes
Os dioramas representam com fidelidade o real e impressionam com a riqueza de detalhes. Crédito: Imagens/TV Gazeta ES
Os dioramas representam com fidelidade o real e impressionam com a riqueza de detalhes
Os dioramas representam com fidelidade o real e impressionam com a riqueza de detalhes. Crédito: Imagens/TV Gazeta ES

Essa segunda casa provoca um impacto com a quantidade de detalhes delicados. Da escada de madeira, o piso, as janelas até a grama na calçada comprovam a fidelidade com o real.

Apesar de muito laborioso, Antonio começou a trabalhar com esse tipo de miniatura em março deste ano, que são chamadas de diorama. "Os dioramas são expressão da alma em 3D. É você colocar essa arte; expressando o que você sente", afirma.

Malta revela ainda que possui algumas sugestões de seguidores para que ele retrate o Espírito Santo.

O artista plástico já recebeu sugestões para representar o Espírito Santo
O artista plástico já recebeu sugestões para representar o Espírito Santo. Crédito: Imagens/TV Gazeta ES

*Conteúdo feito em parceria com o "Em Movimento" e com informações de Diego Araújo

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cultura Espírito Santo espírito santo Arte

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.