ASSINE

Exposição virtual mostra trajeto de São José de Anchieta no ES

Mostra está disponível em site, que também fala da Mata Atlântica capixaba na época em que São José de Anchieta percorreu o trajeto de Vitória à atual Anchieta, trajeto conhecido como Passos de Anchieta

Publicado em 30/06/2021 às 11h10
Foto da exposição virtual
Foto da exposição virtual "Belezas que Anchieta Viu", que ilustra os pontos turísticos que estão no trajeto dos Passos de Anchieta. Crédito: Roulien Boechat/Reprodução/Site Belezas Que Anchieta Viu

Que tal apreciar as belezas naturais do percurso que São José de Anchieta encontrou no caminho de Vitória à antiga localidade de Reritiba, hoje cidade de Anchieta? É a proposta que a exposição "Belezas que Anchieta Viu" vem apresentar em 300 fotos, oriundas de um concurso fotográfico feito pelo governo do Espírito Santo, através do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema).

A inspiração da exposição foi a Carta de São Vicente, que o santo escreveu em 1560 e que descreve os detalhes da Mata Atlântica. A mostra contempla, além das fotos, informações e curiosidades sobre a rota turística. Para apreciar a exposição, basta acessar: http://belezasqueanchietaviu.com.br.

"Esse é um espaço para valorizar o trabalho dos participantes do concurso e fazer um paralelo entre história e meio ambiente", explica a gerente de Educação Ambiental do Iema, Anna Tristão. "O planejamento inicial era fazer uma exposição física, mas, diante do cenário de pandemia, optamos por lançar um site", conta.

Além das fotos, é possível conhecer mais sobre o meio ambiente no Espírito Santo hoje e também na época em que o padre José de Anchieta andou em terras capixaba. "Esse espaço fala, inclusive, das atuais Unidades de Conservação, fazendo uma ligação entre a exposição e o trabalho do Iema", aponta Fábio Reis, doutor em História e especialista em Espírito Santo Colonial, responsável pela criação do site.

Claro que a paisagem mudou do século XVI até hoje, mas o percurso de 100 quilômetros compreendidos entre o Palácio Anchieta e a cidade do Litoral Sul, denominado "caminho das 14 léguas", continua repleto de belezas apreciadas por andarilhos e romeiros que anualmente realizam o "Passos de Anchieta". Por sinal, informações sobre o evento, com fotos, o roteiro e destaques históricos do caminho também estão disponíveis no site.

HISTÓRIA TAMBÉM EM CARTAZ

Inclusive, a Carta, que é a inspiração para a mostra e é tida como primeiro documento oficial descrevendo a Mata Atlântica, está disponível na íntegra no site. “Busquei pinturas de fauna e flora feitos por viajantes e naturalistas também no período colonial brasileiro para ilustrar esse documento tão importante”, completa Fábio.

O site contempla ainda um espaço sobre História, que traz a biografia de José de Anchieta e textos inéditos de Fábio Reis, que exploram a história da religiosidade e das relações com os indígenas no Espírito Santo colonial.

“Com isso, acredito que o site se torna o lugar ideal para se explorar conhecimentos históricos e atuais sobre o meio ambiente e a mata atlântica no Espírito Santo, celebrando o olhar dos próprios capixabas sobre esses elementos que marcam a nossa paisagem”, pontua o historiador.

*Com informações do Governo do Estado

SERVIÇO

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.