ES prorroga inscrições de editais do Funcultura e fará live tira-dúvidas

Secretaria Estadual de Cultura fará transmissão ao vivo nesta sexta-feira (22) para orientar interessados a se inscreverem nos 26 processos de seleção cujas inscrições foram prorrogadas para até 10 de fevereiro

Vitória
Publicado em 20/01/2021 às 18h30
Palácio Anchieta, sede do Governo do Estado ES
O Palácio Anchieta, no Centro de Vitória, é a sede do governo do Estado. Crédito: Carlos Alberto Silva

Atendendo pedidos da classe artística, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult-ES) prorrogou até 10 de fevereiro as inscrições para os 26 editais do Fundo de Cultura do Espírito Santo, o Funcultura, propostos para 2020.  

Os editais da Cultura são realizados com recurso do Fundo Estadual de Cultura, e têm um aporte total de R$ 10,3 milhões em projetos nos escopos de Música, Audiovisual, Diversidade Cultural, Culturas Populares e Tradicionais, Patrimônios Imateriais, Mestres e Grupos, Teatro, Ópera, Artes Visuais e Literatura, entre outras áreas.

Os candidatos podem ler as regras de cada proposta no site da Secult-ES. As inscrições, porém, estão sendo recebidas pela plataforma Prosas. A nova data para as inscrições foi anunciada pelo secretário estadual de Cultura, Fabrício Noronha, pelas redes sociais.

À reportagem do Divirta-se, de A Gazeta, Fabrício confirmou a prorrogação. "Atendemos os pedidos dos fazedores da cultura e optamos pela prorrogação dos editais. Assim, damos mais prazo para a confecção dos projetos e aumentamos a capilaridade das políticas públicas de Cultura. O mais importante, para nós, é continuar trabalhando para valorizar a cultura do Espírito Santo". 

DÚVIDAS

Em outra iniciativa, a Secult-ES realizará uma live, marcada para sexta-feira (22), a partir das 17h, para tirar dúvidas dos interessados em como se inscrever para os editais. 

Além de anunciar a transmissão, a Secult-ES criou um link (clique aqui) que pode ser acessado pelos fazedores de cultura para que sejam enviadas dúvidas previamente. A transmissão ao vivo será feita pelas redes sociais da pasta estadual.

OS EDITAIS

Como A Gazeta adiantou, a expectativa do governo do Estado é de contemplar 350 projetos ligados à arte com execuções até o fim de 2021.  Fabrício Noronha, em novembro de 2020, explicou como seria feita a divisão dos recursos.

“Esses editais são muito importantes porque a realidade do Brasil afora é que, por conta da Aldir Blanc, as políticas próprias dos Estados e municípios estão sendo deixadas de lado, mas nós fizemos questão de manter esse apoio nesse momento mais delicado”, complementa. 

Cultura Espírito Santo capixaba capixaba dinheiro espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.