ASSINE
SÁB
01
DOM
02
SEG
03
TER
04
QUA
05
QUI
06
SEX
07
SÁB
08
DOM
09
SEG
10
TER
11
QUA
12
QUI
13
SEX
14
SÁB
15
DOM
16
SEG
17
TER
18
QUA
19
QUI
20
SEX
21
SÁB
22
DOM
23
SEG
24
TER
25
QUA
26
QUI
27
SEX
28
SÁB
29
DOM
30
SEG
31

Segunda-feira (17/05) tem sessão da peça virtual "Codinome Madame"

Além do espetáculo com texto e direção de Tati Bueno, a programação conta com outros espetáculos on-line

Publicado em 14/05/2021 às 16h02
Atualizado em 17/05/2021 às 14h47

TEATRO

  • Cena do espetáculo Codinome Madame

    Codinome Madame

    Espetáculo virtual com texto e direção de Tati Bueno, além de atuação de Bia Toledo. Sua temporada teve início no dia 15 e segue até 31 de maio, de sábado a segunda, às 21h. Para assistir à peça gratuita, os interessados devem se cadastrar no site #codinomemadame. Após o cadastro, o link da transmissão será enviado por WhatsApp.

    Sinopse: Codinome Madame trata de um futuro distópico, sem ócio, sem cio, sem ar, no qual a arte foi abolida, a personagem busca forças para brotar de onde teve que encerrar-se há 20 anos, um espaço de arte desativado, que ainda guarda o cheiro de lembranças muito vivas. Madame revisita suas histórias que contracenam com a história de seu país.

  • O Pior de Mim

    O monólogo virtual fica disponível de 00h do dia 17 de maio até às 23h59 do dia 23 do mesmo mês. Sua transmissão será no YouTube e a as instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento. Ingresso: R$ 10 a R$ 200. Venda: no site Sympla. Duração: 50 minutos. Classificação Indicativa: 14 anos. 

    Sinopse: “O Pior de Mim” é um trabalho em que Maitê parte de sua história pessoal para falar de todas as histórias, convidando o público a uma reflexão sobre questões e sentimentos universais. Ela revisita a própria trajetória desde a infância até os dias de hoje, observando como todos, ao longo da vida, em maior ou menor grau, acabamos desenvolvendo variados bloqueios e, na tentativa de nos proteger, construímos muros ao nosso redor, nos afastando do outro e da liberdade que tanto desejamos.

  • Cena da peça Macbeth2020

    Macbeth 2020

    Espetáculo virtual com direção de Sidnei Oliveira. A peça tem acesso disponibilizado no YouTube, até o dia 30 de maio, com entrada exclusiva a partir da reserva gratuita no site Sympla. Duração: 40 minutos. Classificação Indicativa: 12 anos. 

    Sinopse: Nesse filme-teatro, Luis Lobianco, que é também idealizador e diretor geral do projeto, interpreta 7 personagens arquetípicos da classe teatral. Figuras reconhecíveis do ambiente teatral que relatam suas vivências em uma espécie de documentário tendencioso e sensacionalista. As referências são os extintos programas de TV dos anos 1980 e 1990 que levavam às últimas consequências temas relacionados ao submundo da madrugada.

  • Angustia-me

    Espetáculo virtual com direção de Alexandre Mello. A peça tem acesso disponibilizado no YouTube, até o dia 30 de junho, com entrada exclusiva a partir da reserva gratuita no site Sympla. Classificação Indicativa: 14 anos. 

    Sinopse: Eles não são ninguém, mas ainda assim afetam uns aos outros. A área de fumantes de um shopping, um estúdio de filmes pornôs e uma funerária abrigam seis personagens que se relacionam em seus desejos, que se chocam em suas expectativas frustradas, se apoiam nas suas esperanças e na força que os move diariamente. Angustia-me é sobre desejos não realizados, sobre sonhos, sobre todos nós.

  • Moléstia

    Espetáculo virtual com dramaturgia de Herton Gustavo Gratto. A peça tem acesso sob demanda, podendo ser adquirido ingresso até o dia 17 de maio. A partir do aluguel da peça, o cliente poderá assisti-la em até 48h. Ingresso: R$ 10 a R$ 30. Venda: no site Sympla. Classificação Indicativa: 14 anos.

    Sinopse: O casal Breno e Mabel hospeda em sua casa Cadu, amigo de longa data, dando oportunidade para aprofundarem suas relações dúbias de amizade e atração física. Mas a confiança entre eles é quebrada quando o casal descobre que seu filho Thiago foi abusado sexualmente. Todos os indícios apontam para Cadu, disparando um agressivo jogo de manipulação que revela as sombras, melindres e julgamentos das personagens e da criação do filho.

  • Ivam Cabral e Thiago Mendonca em

    Uma Peça para Salvar o Mundo

    Espetáculo virtual com dramaturgia de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. A atuação/mediação é de Thiago Mendonça. Temporada: 23 de abril a 17 de maio; sexta, sábados e segundas, às 21h; domingos, às 16h. Ingresso: R$ 0; R$ 10. Venda: no site Sympla. Suas transmissões ocorrem no Zoom, acessível via Sympla Streaming.

    Sinopse: A partir de um roteiro de cenas e ações proposto por uma máquina, alguns espectadores serão convidados a participar, criando situações dramáticas e atuando. Em um mundo onde cada um fala por si, e ninguém se escuta, o que podemos fazer? A arte salva o mundo, mas esta façanha há muito não é mais do artista e, sim, dos públicos (são vários), não apenas o seu. Se antes o artista era o elo mágico entre o céu – passando pela terra – e o inferno, em tempos de globalização quem decide de verdade é quem consome ou ouviu falar da arte.

MÚSICA

  • A Hora da Música

    O podcast do músico Jura Fernandes ganha mais um episódio. Os bate-papos do projeto versão sobre o setor musical. As produções estão sendo postadas no Spotify. 

  • Sandrera

    Café com Live

    Sandrera tem bate-papo musical às 20h, em seu canal no YouTube. A live dessa segunda conta com a participação do cantor Nano Vianna. 

EXPOSIÇÃO

  • Obra

    Fotógrafos capixabas- Sob o Olhar de Walter Firmo

    Mostra digital de fotografias que derivaram de um workshop desenvolvido por Walter Firmo. Os trabalhos desenvolvidos por capixabas nessa oficina compõem a exposição e trazem registros do dia a dia da cidade de Vitória. Seu acesso é gratuito, no site do Museu Vale. Além disso, a mostra tem previsão de perdurar até quando durar a pandemia do novo coronavírus.

  • Nossa Casa

    A mostra virtual do Museu da Casa Brasileira tem curadoria de Camila Fix e reflete sobre o habitat na pandemia. O passeio digital pelas obras ocorre através de vídeos disponíveis gratuitamente no site do museu. A exposição reúne trabalhos dos artistas: Regina Silveira, Marcelo Cipis, Ricardo Ribenboim, Guto Lacaz, Alexandre Dacosta, Marcelino Melo e dos designers, Ronald Saasson, Claudia Moreira Sales, coletivo Plataforma4, Estudio Guto Requena, Inês Schertel, Giorgio Bonaguro e Gustavo Martini.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.