ASSINE

Navio desgovernado bate em estação de balsas em Santos; veja vídeos

Colisão com flutuador utilizado para embarque e desembarque de ciclistas abriu um rasgo no casco da embarcação. Ninguém ficou ferido

Publicado em 20/06/2021 às 18h20
Navio da Hamburg Süd com casco danificado após acidente no Porto de Santos (SP)
Navio da Hamburg Süd com casco danificado após acidente no Porto de Santos (SP). Crédito: Reprodução/ Redes sociais

Um navio de contêineres da operadora Hamburg Süd bateu na estação de balsas de Guarujá, no litoral paulista, no início da tarde deste domingo (20). Segundo a Secretaria de Transportes, não houve feridos e as causas estão sendo apuradas pela Capitania dos Portos.

Segundo a SPA (Santos Port Authority), o navio Cap San Antonio havia deixado um terminal na margem esquerda do porto por volta das 13h. Ao navegar perto da estação de balsas, atingiu um flutuador utilizado para embarque e desembarque de ciclistas que fazem a travessia Santos-Guarujá.

Imagens divulgadas em redes sociais mostram que a colisão abriu um rasgo no casco da embarcação, acima do nível da água. O navio chegou a arrastar uma estrutura flutuante.

Responsável pela gestão das balsas, o Departamento de Hidroviário da Secretaria de Transportes informou em nota que a travessia foi interrompida por uma hora mas já está normalizada.

A autoridade portuária diz que não houve impactos na operação do Porto de Santos. Por volta das 15h, porém, o tráfego de navios no porto foi interrompido devido aos fortes ventos, "sem qualquer relação com o acidente em tela".

O navio está agora na área de fundeio do porto, onde será avaliado por peritos da Capitania dos Portos. Segundo o site especializado em rastreamento de embarcações Marine Traffic, o Cap San Antonio deixou Santos com destino ao porto de Paranaguá, no Paraná.

A Capitania dos Portos diz que equipes de peritos já foram enviadas para iniciar as investigações na estação de balsas e no navio, mas ainda não tem detalhes. A avaliação inicial é que os danos foram "de grande vulto".

A Aliança Navegação, que opera o navio, disse em nota que "não há registro de vítimas envolvidas no incidente, dentro ou fora do navio, ou que a região tenha sido poluída de alguma forma". "A companhia está avaliando a situação e colabora com as autoridades", afirmou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
São Paulo (SP) acidente

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.