ASSINE

Vidro em casa: conforto e segurança sob medida para as famílias

Viminas, com certificações nacionais e internacionais, indica usos e vantagens do produto em imóveis residenciais

  • Viminas

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 24/06/2021 às 16h30
Produção de vidros na fábrica da Viminas, na Serra
Produção de vidros na fábrica da Viminas, na Serra. Crédito: Viminas/Divulgação

Hoje em dia, é praticamente impossível pensar em construir ou reformar, sem incluir o vidro na lista de necessidades. O material se tornou um curinga na construção civil, pois, graças à evolução dos processos de beneficiamento e transformação pelos quais passa, serve para diversas aplicações e é capaz de atender a diversas demandas.

Ao oferecer vantagens como conforto térmico e acústico, resistência, economia de energia e praticidade, entre outras, o vidro proporciona bem-estar e segurança na medida certa para atender aos anseios dos mais exigentes clientes.

É preciso, no entanto, ficar atento a uma coisa: vidro tem marca, sim, e essa não é uma questão secundária. A escolha do fornecedor influencia diretamente na entrega de todos os benefícios que o material pode oferecer, principalmente segurança, característica primordial quando se trata do dia a dia das famílias.

“Ao escolher vidros conforme a procedência, o cliente se certifica de que eles passaram por processos com protocolos de qualidade rigorosos e que obedecem às normas técnicas de segurança, por exemplo. Por isso, tão importante quanto contratar vidraceiros de confiança, é fundamental conhecer o fornecedor dos vidros que eles utilizam”, destacou o consultor técnico da Viminas Vidros Especiais, Luiz Cláudio Rezende.

O especialista citou exemplos que justificam essa preocupação. “Quando o cliente exige vidros Viminas, mais do que simplesmente escolher uma marca com 37 anos de tradição, ele está adquirindo produtos de uma empresa certificada nacional e internacionalmente, que se molda ao sistema de gestão da qualidade, com os selos ISO 9001:2015 e NBR 14.698 de vidro temperado plano”, comentou.

UM MATERIAL, DIVERSAS POSSIBILIDADES

Antes, eles ficavam restritos a janelas, tampos de mesa e prateleiras. Agora, estão em portas, paredes, piscinas, no chão e até no teto. Vidro não é tudo igual: existe um tipo adequado a cada uma dessas diversas aplicações.

O vidro temperado, por exemplo, é considerado um vidro de segurança, porque é até cinco vezes mais resistente do que o vidro comum. Serve para boxes de banheiros, portas, divisórias, vitrines e muros. O vidro laminado é ainda mais seguro e barra a entrada de raios ultravioleta. Pode ser usado em fachadas e tetos.

“Em locais onde se exige grande resistência, como em degraus de escada, pisos de vidro e guarda-corpos, recomendamos o uso do vidro laminado temperado. Quando o objetivo é ter conforto térmico, o ideal é usar, em janelas, portas e paredes, por exemplo, vidro de proteção solar, pois ele barra a entrada do calor. Já o vidro duplo ou insulado é capaz de impedir a entrada de calor e também de barulho, garantindo conforto térmico e acústico”, exemplificou Luiz Cláudio Rezende.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais
indústria decoracao Construção civil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.