ASSINE
Jornalista de A Gazeta desde 2008 e colunista de Política desde 2015. Publica diariamente informações e análises sobre os bastidores do poder no Espírito Santo

Definido o vice de Assumção na disputa a prefeito de Vitória

Bolsonarista como Assumção, o capitão da ativa da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) Hélio Martinelli Tristão de Oliveira vai se filiar ao PTB para disputar o pleito na chapa do deputado

Publicado em 05/09/2020 às 17h09
Da esquerda para a direita: Subtenente Assis, Oswaldo Eustáquio, Capitão Assumção e Hélio Tristão Martinelli
Da esquerda para a direita: Subtenente Assis, Oswaldo Eustáquio, Capitão Assumção e Hélio Tristão Martinelli. Crédito: Reprodução do Twitter

Já está definido o candidato a vice-prefeito que acompanhará o deputado estadual Capitão Assumção (Patriota) na chapa de extrema-direita que vai concorrer à Prefeitura de Vitória. Será o capitão da ativa da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) Hélio Martinelli Tristão de Oliveira, que se filiará ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) para disputar o pleito.

Militar e bolsonarista como Assumção, Tristão está na PMES desde março de 2001. De acordo com o Portal da Transparência do governo do Estado, atualmente não chefia nenhuma companhia. É chefe de seção no Quartel de Maruípe (função gratificada), com remuneração bruta de R$ 12.760,68 no mês de agosto.

Em suas redes sociais, o companheiro de chapa de Assumção se apresenta como Helinho Tristão (Facebook) e como Capitão Tristão (Instagram). Suas postagens mais recentes não deixam dúvida: ele expressa rigorosamente o mesmo viés ideológico de Assumção. Quase todas as suas publicações consistem em manifestações de apoio incondicional ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), seguindo a retórica de polarização política entre extremos: “direita conservadora” contra a “esquerda”, os “petralhas” etc.

Há, ainda, publicações que revelam sua proximidade política com o próprio Assumção – como a republicação de vídeos do deputado – e com o subtenente dos Bombeiros Militares Sérgio Lopes de Assis. Este também se filiará ao PTB, novo reduto eleitoral de militares bolsonaristas Brasil afora, mas para disputar o cargo de prefeito de Cariacica.

Em vídeo publicado recentemente em redes sociais, Tristão é o quarto homem que aparece ao lado de Assis, de Assumção e do blogueiro Oswaldo Eustáquio – investigado na Operação Lume, que apura a promoção de atos favoráveis ao fechamento do Congresso e do STF.

Considerado um dos principais influenciadores digitais que apoiam o presidente Bolsonaro nas redes sociais, Eustáquio é suspeito, de acordo com as investigações, de “impulsionar o extremismo e o discurso de polarização”, e chegou a ser preso pela Polícia Federal (PF). Segundo a PF, dias antes de sua prisão, em 26 de junho, ele tinha chegado a Ponta Porã (MS) e se preparava para deixar o país.

Um dos posts mais recentes de Tristão, publicado em 27 de novembro, é uma republicação de tuitada de Eustáquio, na qual o blogueiro enaltece a mudança radical de rumos eleitorais do PTB no Espírito Santo: “O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, iniciou uma cruzada conservadora no Brasil entregando o partido no Espírito Santo para militares bolsonaristas e arrancando das mãos da esquerda”.

Tecnicamente, o PTB continua presidido no Espírito Santo pelo deputado estadual Adilson Espindula, que, desde que chegou à Assembleia Legislativa, em fevereiro de 2019, nunca se declarou representante da “esquerda”.

No vídeo feito por Eustáquio, Assis, Assumção e Tristão, o primeiro os denomina como “os leões que vão rugir”. Por sua vez, Assis afirma que eles, “através do PTB”, vão “sepultar os comunistas e socialistas no Estado do Espírito Santo”.

CHAPA PURO-SANGUE... NOS OLHOS

A opção de Assumção por um candidato a vice-prefeito com perfil praticamente idêntico ao dele foge bastante ao padrão de pré-candidatos a prefeito na escolha dos respectivos companheiros de chapa. Candidatos a cargos de comando no Poder Executivo, em qualquer esfera, normalmente procuram alguém que possa ampliar a capilaridade da chapa; um vice que represente algum tipo de complementação, preenchendo alguma carência ou lacuna no perfil do “cabeça da chapa”.

De modo geral, dão preferência a um vice que venha não só de um partido diferente, mas também de uma região diferente da cidade, de outro segmento social, de outra faixa etária, de outra categoria profissional e, acima de tudo, alguém que exerça apelo junto a outros nichos do eleitorado.

No caso de Assumção, dá-se o contrário: sua chapa terá um capitão da reserva da PMES filiado ao bolsonarismo com um capitão da ativa da PMES filiado ao bolsonarismo. Essa constatação só reforça uma conclusão elementar:

Na eleição a prefeito de Vitória, Assumção virá com uma estratégia cristalizada: fazer de tudo para reproduzir, no plano municipal, a polarização ideológica de extremos que marcou a eleição presidencial passada (de preferência, com o ex-prefeito João Coser, do PT), levando o máximo possível para o campo ideológico o debate no pleito local sobre a cidade de Vitória.

CONVENÇÃO DO PATRIOTA EM VILA VELHA: FAVATTO E ASSUMÇÃO

A convenção do Patriota em Vila Velha, reduto do deputado estadual Rafael Favatto, foi realizada na noite desta quinta-feira (3), no clube Arci, no Ibes. O próprio Favatto foi lançado a prefeito da cidade novamente. Compareceram outros dois deputados estaduais: Hércules Silveira (MDB), que também é pré-candidato novamente a prefeito, e Capitão Assumção, pré-candidato a prefeito de Vitória pelo mesmo Patriota.

Favatto chegou a pedir votos da plateia em Assumção, para quem tivesse parentes em Vitória. E Assumção (opositor do governo Casagrande) parabenizou Favatto (bem relacionado com o governo) por sustentar a candidatura: “A gente imagina a pressão que Favatto está aguentando para sustentar a candidatura dele. Admiro Favatto por isso”.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.