Doutor em Geografia, mestre em Arquitetura e Urbanismo, pesquisador do Instituto Jones dos Santos Neves e professor da UVV

Fim da prisão em segunda instância favorece os mais ricos

Caso a prisão em segunda instância não seja mantida, o Brasil se distanciará da maioria dos países democráticos e desenvolvidos

Publicado em 30/10/2019 às 05h00
Atualizado em 30/10/2019 às 05h00