ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que também acompanha de perto as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Homem usa nome do prefeito de Vitória para dar golpes

Lorenzo Pazolini, a vítima da vez, fez um alerta nas redes sociais denunciando o criminoso

Vitória
Publicado em 03/08/2021 às 14h56
O alerta de Pazolini nas redes sociais contra o criminoso
O alerta de Pazolini nas redes sociais contra o criminoso digital. Crédito: Reprodução da internet

Imagine receber mensagem de alguém que recebe, mensalmente, salário bruto de R$ 19.217,12 e um pedido para que envie dinheiro a este remetente. E, ainda, se passando por um delegado de Polícia Civil licenciado. Pois isto aconteceu com o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini (Republicanos).

No início da tarde desta terça-feira, Pazolini comunicou, por meio de suas redes sociais, que uma pessoa com o contato (27) 99998-9885 estava usando a foto dele para pedir dinheiro. “Informo que este número não é meu! Caso seja abordado por ele, denuncie”, escreveu o prefeito.

Atualmente, está na moda se passar por político e aplicar esse tipo de crime. Na Assembleia Legislativa, conforme mostrou a coluna, diversos deputados foram vítimas desse tipo de ação e tiveram de rapidamente se pronunciar, para que eleitores não fossem lesados pelos golpistas.

Não há realmente limites para esses criminosos digitais: a vítima da vez é delegado de polícia, prefeito de uma capital e chefe da Guarda Municipal. Até quando?

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.