ASSINE
É mestre em História pela Ufes. Neste espaço, a história capixaba é a protagonista, sem deixar de lado as atualidades. Escreve às terças

Biografias essenciais para conhecer líderes políticos do Espírito Santo

São trabalhos focados na vida de líderes políticos que revelam detalhes da sociedade capixaba dos séculos XIX e XX

Publicado em 05/10/2021 às 02h00
Colatina Soares de Azevedo e o marido, Muniz Freire, Governador do ES
Colatina Soares de Azevedo e o marido, Muniz Freire, governador do ES. Crédito: Divulgação

Prosseguindo no caminho iniciado na coluna anterior, listamos no texto de hoje mais quatro livros que abordam a história do Estado do Espírito Santo. São trabalhos focados na vida de líderes políticos que revelam detalhes da sociedade capixaba dos séculos XIX e XX.

Três são biografias escritas por pesquisadores conceituados e um é uma autobiografia, quando o próprio personagem descreve fatos da sua trajetória. Logo, como todo trabalho de história, a biografia/autobiografia tem seus objetivos e seus limites, ou seja, ainda que sejam fundamentais, devem ser lidas com criticidade.

Dito isso, reforçamos nosso intuito de permanecer divulgando os autores locais e indicando conteúdos relevantes e acessíveis. Confira:

1. “José de Melo Carvalho Muniz Freire”, de Estilaque Ferreira dos Santos. De 2012, é o terceiro volume da coleção “Memória do Desenvolvimento do Espírito Santo: Grandes Nomes”. A obra detalha o jornalista, advogado e político que exerceu, no final do século XIX e início do XX, mandatos de deputado, senador e duas vezes governador do Espírito Santo. De fácil aquisição na internet e em sebos, também está presente em bibliotecas.

2. “Jerônimo Monteiro - Sua vida e sua obra”, de Maria Stella de Novaes. A autora, uma intelectual de renome e sobrinha do biografado, publicou o livro em parceria com o Arquivo Público do Estado do Espírito Santo (APEES) em 1979. É vital para conhecer o advogado, deputado, senador, governador e um dos principais líderes políticos capixabas. Em 2017, uma segunda edição foi novamente produzida pelo APEES, que a disponibilizou para download no seguinte endereço: https://ape.es.gov.br/colecao-canaa

3. “Carlos Lindenberg: um estadista e seu tempo”, de Amylton de Almeida. Conforme enfatizado no livro pelo historiador Fernando Achiamé, trata-se de uma biografia autorizada, uma característica, aliás, que não diminui a sua importância. Percorre boa parte da história do Espírito Santo para falar do deputado, senador e duas vezes governador Carlos Fernando Monteiro Lindenberg. Lançado em 2010, também faz parte da Coleção Canaã, do APEES, e pode ser consultada no link: https://ape.es.gov.br/colecao-canaa

4. “Memórias”, autobiografia de Eurico Rezende, deputado, senador e governador do Espírito Santo na fase final da ditadura militar. Traz a visão pessoal da sua atuação política e sobre as posições tomadas ao longo da carreira, como o apoio ao golpe de 1964. Foi publicada pelo Centro Gráfico do Senado Federal em 1988 e atualmente pode ser adquirida em sebos e encontrada em bibliotecas.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.