ASSINE
É mestre em História pela Ufes. Neste espaço, a história capixaba é a protagonista, sem deixar de lado as atualidades. Escreve às terças

'Arquivística Ufes': um site referência para a cultura capixaba

Reunindo produções próprias, de outros autores locais e materiais da Ufes, Arquivo Nacional, Fiocruz, Itaú Cultural e Arquivo Público do Espírito Santo, o portal já conta com mais de 70 publicações disponíveis para download gratuito

Publicado em 29/06/2021 às 02h00
Livros e internet
Site tem  indicação de bibliografias, informações sobre projetos culturais, exposições e um amplo acervo de artigos, revistas e livros. Crédito: jcomp/Freepik

Com indicação de bibliografias, informações sobre projetos culturais, exposições e um amplo acervo de artigos, revistas e livros, o site “Arquivística Ufes” tornou-se referência para estudantes, pesquisadores e demais interessados na história e na cultura do Espírito Santo.

No ar desde 2012, a página é administrada pelo historiador André Malverdes, que é doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UnB) e professor do Departamento de Arquivologia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Nela, portanto, também são divulgados conteúdos relacionados ao campo da Arquivologia, bem como trabalhos que receberam investimento público por meio do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (FUNCULTURA).

Reunindo produções próprias, de outros autores locais e materiais da Ufes, Arquivo Nacional, Fiocruz, Itaú Cultural e Arquivo Público do Espírito Santo, o portal já conta com mais de 70 publicações disponíveis para download gratuito, muitas delas ressaltando municípios capixabas, como Baixo Guandu, Cariacica, Fundão, Irupi, Muniz Freire, Santa Teresa, Serra, Vila Velha e Vitória.

Entre as obras focadas na história do Estado, destacam-se as que tratam de períodos autoritários, ambas importantes para compreender as perseguições contra militantes e organizações. São elas: “Relatório Final da Comissão da Verdade da Universidade Federal do Espírito Santo” e “Memórias Silenciadas: Inventário Temático dos Panfletos, Cartazes e Publicações Confiscadas pela Delegacia de Ordem Política e Social do Estado do Espírito Santo – DOPS/ES (1930-1985)”.

De arquivos pessoais, merece ênfase: “Patrimônio Fotográfico: Catálogo do Acervo Pessoal do Ex-governador Max Freitas Mauro”, uma fonte documental significativa da história política capixaba. Vale, ainda, mencionar os três livros dedicados aos cinemas que funcionaram no Espírito Santo no século XX, frutos do projeto “Cine Memória - A História das Salas de Cinema do Espírito Santo”: “No Escurinho dos Cinemas: a História das Salas de Exibição na Grande Vitória”, “Memórias Fotográficas: a História das Salas de Cinema de Vitória” e “Inventário Analítico Cine Memória: as Salas de Cinema do Espírito Santo”.

Por último, além de manuais, guias, planos e dicionários, o site apresenta a íntegra de 11 exposições que fizeram parte de projetos culturais realizados Estado afora.

Diante de tanta qualidade e diversidade, fica a sugestão: acesse, inspire-se e produza cultura.

Confira “Arquivística Ufes” no link: http://arquivisticaufes.blogspot.com.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cultura Espírito Santo UFES capixaba capixaba espírito santo Arquivo Público do Espírito Santo (APEES)

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.