ASSINE
Jornalista de A Gazeta. Há 10 anos acompanha a cobertura de Economia. É colunista desde 2018 e traz neste espaço informações e análises sobre a cena econômica.

Testes para Porto de Vitória receber navios com mais carga começam em abril

Essa é uma etapa determinante para a Codesa concluir o processo de dragagem e aumentar a movimentação de cargas no Porto

Publicado em 25/02/2020 às 05h01
Atualizado em 26/02/2020 às 07h44
Navio chega ao Porto de Vitória. Crédito: Vitor Jubini
Navio chega ao Porto de Vitória. Crédito: Vitor Jubini

A partir de abril vão ser iniciados os testes de manobras com navios de maior porte no Porto de Vitória. Serão necessárias 10 operações de entrada e 10 de saída na Baía de Vitória. As informações foram dadas pelo diretor-presidente da Codesa, Julio Castiglioni, na última segunda-feira (17), em Belo Horizonte, durante evento de lançamento do Plano Estratégico Minas Gerais-Espírito Santo.

A realização desses testes é fundamental para que o porto capixaba finalmente consiga concluir o processo de dragagem, que há décadas se arrasta no Porto de Vitória. Dessa forma, ele terá uma capacidade de receber navios de maior calado e aumentar a movimentação de cargas. As manobras,  que devem levar cerca de cinco meses para serem finalizadas, vão acontecer após a conclusão das obras de sinalização náutica.

MENOS CAIXA E MAIS EFICIÊNCIA

No mesmo evento, Castiglioni falou sobre o processo de desestatização da Codesa, com leilão previsto para ser lançado no primeiro trimestre de 2021, e ainda sobre o que o governo federal espera desta licitação. Segundo ele, a ideia é não fixar um valor de outorga muito alto e sim prever investimentos mais robustos para o porto. “O objetivo não é gerar caixa para o governo, mas dar eficiência para o processo”, ponderou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Codesa Porto de Vitória beatriz seixas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.