ASSINE
Jornalista de A Gazeta, há mais de 10 anos acompanha a cobertura de Economia. É colunista desde 2018 e traz neste espaço informações e análises sobre a cena econômica

Na Lata: Capixaba ISH vai expandir para os Estados Unidos

Empresa de tecnologia ISH, comandada por Rodrigo Dessaune, vai abrir unidades no Brasil e no exterior

Publicado em 03/02/2020 às 04h01
Atualizado em 22/05/2020 às 18h36
Rodrigo Dessaune é CEO da ISH Tecnologia. Crédito: ISH/Divulgação
Rodrigo Dessaune é CEO da ISH Tecnologia. Crédito: ISH/Divulgação

Com atuação no Espírito Santo, São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, a empresa capixaba ISH Tecnologia vai ganhar novos mercados em 2020. Os planos de expansão estão previstos ainda para o primeiro trimestre e incluem Goiânia, em Goiás, e Miami, nos Estados Unidos. Para os próximos anos, a ideia é continuar o movimento rumo ao exterior, sendo países da América Latina um dos alvos.

A companhia - no mercado desde 1996 - vai investir R$ 15 milhões e pretende lançar 10 produtos até o final de 2020, conforme contou à coluna o CEO da ISH, Rodrigo Dessaune. O empresário revelou ainda que a organização estuda realizar fusões e aquisições.  "Esse investimento de R$ 15 milhões é só para o crescimento orgânico. Mas desde o ano passado criamos uma área de M&A (fusões e aquisições) para buscar comprar ações de outras empresas. Assim, podemos crescer em geografia ou em áreas que ainda não cobrimos."

Dessaune diz estar otimista com a economia brasileira e avalia que seu ramo de atuação reserva muitas oportunidades. Tanto é que a empresa espera avançar 30% em seu faturamento neste ano na comparação com 2019. Para ele, as transformações tecnológicas e os avanços digitais vão impulsionar negócios na área. "A cada um ponto que o PIB cresce, o segmento de TI deve avançar 10", projeta.

O empresário cita alguns pontos que vão contribuir para as boas perspectivas: 1) Empresas e órgãos de governo ainda estão com infraestrutura antiga, ou seja, defasados do ponto de vista tecnológico; 2) As transformações tecnológicas estão acontecendo em uma velocidade muito grande e a internet das coisas (IOT) se faz cada vez mais presente no dia a dia dos cidadãos e das empresas; 3) As regulações na área estão avançando  e o aumento dos cuidados com a segurança dos dispositivos será crescente.

PERFIL

  • Nome: Rodrigo Dessaune
  • Empresa: ISH Tecnologia
  • No mercado: Desde 1996
  • Negócio: Tecnologia da Informação (nuvem segura, infraestrutura, cibersegurança e ciberdefesa)
  • Atuação: Sede no ES com unidades no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, São Paulo e Curitiba
  • Funcionários: 350 diretos

JOGO RÁPIDO COM QUEM FAZ A ECONOMIA GIRAR

Economia:

A expectativa é que o PIB do Brasil em 2020 cresça pelo menos o dobro do de 2019 e no nosso segmento esperamos crescer ainda mais. Com as transformações digitais, existem muitas oportunidades.

Pedra no sapato:

A burocracia brasileira e a ainda muito atrasada legislação em relação ao tema digital.

Tenho vontade de fechar as portas quando:

 Nunca. Só abrir!

Solto fogos quando:

Conquistamos um novo cliente e esse cliente vira amigo e constrói uma relação de longo prazo com a gente.

Se pudesse mudar algo no meu setor, mudaria:

Conscientizaria melhor as empresas sobre a importância da cibersegurança. Muitos empresários ainda não se atentaram para os riscos que seus negócios podem correr se não derem atenção a essa área.

Minha empresa precisa evoluir:

Cada vez mais no aprimoramento dos recursos humanos. Sempre há espaço para melhoria.

Se começasse um novo negócio seria:

Exatamente o mesmo.

Futuro:

Vemos como muito promissor. Neste ano, vamos expandir para Miami e Goiânia e acabamos de inaugurar um escritório em Curitiba. Em valores, prevemos investir R$ 15 milhões em 2020. Também vamos lançar 10 produtos até o final do ano.

Uma pessoa no mundo dos negócios que admiro:

O co-fundador da Apple Steve Wozniak, pelo empreendedorismo e pela visão de longo prazo sobre como a tecnologia podia e pode impactar o mundo.

Datacenter da ISH em Vitória. Crédito: ISH/Divulgação
Datacenter da ISH em Vitória. Crédito: ISH/Divulgação
Empreendedorismo Entrevistas na Lata beatriz seixas tecnologia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.