ASSINE
Jornalista de A Gazeta. Há 10 anos acompanha a cobertura de Economia. É colunista desde 2018 e traz neste espaço informações e análises sobre a cena econômica.

Exportações e importações do ES crescem acima das do país

Movimentação de cargas pelos portos do Estado avançou nos primeiros nove meses de 2019, segundo dados do Sindiex

Publicado em 18/10/2019 às 05h00
Atualizado em 18/10/2019 às 05h02
Exportações do ES cresceram 15% na comparação de janeiro a setembro de 2019 com igual período de 2018. Crédito: Pixabay
Exportações do ES cresceram 15% na comparação de janeiro a setembro de 2019 com igual período de 2018. Crédito: Pixabay

O comércio exterior do Espírito Santo vem apresentando, neste ano, um desempenho superior ao do país. Os números das importações e das exportações capixabas registraram, de janeiro a setembro, crescimento na comparação com os nacionais.

No Estado foram exportados US$ 7,05 bilhões FOB (Free On Board - preço de uma mercadoria posta a bordo com todas as despesas incluídas), uma alta de 15% em relação a igual período de 2018. Enquanto isso, a movimentação brasileira recuou 6%, passando de US$ 177,08 bilhões FOB, no ano passado, para US$ 167,2 bi FOB em 2019. As informações são do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Espírito Santo (Sindiex).

O aumento das exportações garantiu, inclusive, que o Espírito Santo ganhasse posições no ranking entre os Estados, saindo de um ano para o outro da 10ª colocação para a 8ª.

Os produtos que mais contribuíram para o bom desempenho foram: café, minério de ferro, petróleo, celulose, semimanufaturados de ferro e aço e plataforma de perfuração/exploração.

Já a importação avançou de US$ 9,91 bilhões FOB, em 2018, para US$ 11,56 bilhões FOB, em 2019, ambos considerando os nove primeiros meses do ano, ou seja, a movimentação cresceu 20%. Já o país registrou recuo de 1%. Em 2018, eram US$ 135,3 bi FOB e, em 2019, foram US$ 133,5 bilhões FOB.

O destaque das mercadorias ficou com automóveis, aeronaves, aparelhos de telefonia, carvão mineral e equipamentos hidráulicos. No ranking, o ES ficou em nono lugar, uma posição acima da conquistada em 2018.

A Gazeta integra o

Saiba mais
beatriz seixas espírito santo espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.